Linha Direta - X-Wing

Assinar RSS!

publicado em 15.03.2019 por Galápagos Jogos

Este canal foi criado para reunir em um só lugar as principais dúvidas da comunidade de Star Wars: X-Wing. Caso tenha alguma questão que não tenha sido coberta aqui, envie uma mensagem para atendimento@galapagosjogos.com.br, com o assunto: LINHA DIRETA X-WING. As questões mais pertinentes à comunidade serão publicadas aqui para que todos tenham acesso às mesmas informações.

1 - Por que vocês demoram tanto pra responder questões importantes e trazer informações claras sobre as atualizações?

A resposta simples e direta é: muitas vezes não temos uma definição rápida ou completa do que acontece internacionalmente para comunicar com a devida clareza e respeito que nossos clientes precisam. Não adianta reproduzir informações pela metade só para dizer algo, sendo que irá gerar mais dúvidas ou até mesmo confusão, ambiguidade. Situações assim acabaram nos colocando em cheque no passado e entendemos hoje que poderíamos ter tornado esse diálogo com a comunidade mais claro e aberto, justamente para evitar a especulação vazia e crítica destrutiva. Ao mesmo tempo, não podemos dar garantias sobre assuntos que não temos toda a informação ainda ou que não estão sob a nossa tutela. Sabemos que isso é frustrante, mas algumas melhorias já vêm sendo apresentadas pelas editoras, mesmo que em um ritmo mais lento do que todos gostaríamos. Isso está nos trazendo mais segurança, além de clareza nos detalhes mais relevantes que poderemos compartilhar com nossos clientes e comunidade. Só é importante ressaltar que essas melhorias ainda devem tomar algum tempo até que possam chegar a toda a linha de produtos. A razão disso é que as próprias editoras internacionais estão se reestruturando para atender essa necessidade, que não é só da comunidade brasileira, é global.

2 - A Galápagos Jogos vai abandonar o X-Wing para focar em outros produtos?

Não. É importante esclarecer que a Galápagos Jogos não tem favoritos ou rejeitados entre seus produtos. Queremos que cada lançamento dê muito certo, sempre. Não faria sentido investir recursos que vão muito além da parte financeira para, depois de anos trabalhando, abandonar sem razão. Claro que produtos precisam ser comercialmente viáveis para continuar em catálogo, mas isso vai além do "sucesso de vendas". No caso do X-Wing, enfrentamos muitas dificuldades ao longo do tempo, principalmente com relação à regionalização (isso não é exclusivo do Brasil, muitos países de língua não inglesa tem o mesmo desafio atualmente). Manter um estoque tão diverso de itens como esses e que continuam em contínua expansão acaba minando os esforços para manter edições traduzidas. Ainda assim, não desistimos dessa batalha e buscamos meios de tornar o produto acessível para que nossa base de clientes pudesse continuar a jogar e ter momentos memoráveis. Afinal, o jogo é sensacional, as naves estão cada vez mais lindas e... é Star Wars! Por isso, iniciativas como o Galápagos On Demand surgiram: para atender a necessidade dos clientes, ainda que limitados às versões em inglês. Todo um esforço de negociação com fabricantes, alinhamentos de importação e alterações nos processos logísticos locais foram feitos para que pudéssemos tornar isso realidade. Sabemos que houve falhas em nossa comunicação e, principalmente, na frequência do diálogo que não conseguimos dar para manter a comunidade bem informada e confiante sobretudo. É algo que estamos estruturando e nos preparando para que não seja mais um problema e sim um canal prático de troca e evolução. É um trabalho de melhoria contínua e, por isso, vamos precisar do apoio e crítica construtiva de todos e todas que se interessem em manter o X-Wing ativo. Afinal, se o X-Wing tiver problemas e falta de apoio, quem mais será prejudicado nisso são os próprios jogadores e jogadoras, que terão um acesso cada vez mais restrito ao jogo. Não queremos isso, de forma alguma.

3 - Se existem dificuldades para trabalhar o X-Wing, então por quê a Galápagos não libera o produto pra outro fabricante/distribuidor vender no Brasil?

A decisão de quem distribui um jogo como o X-Wing no Brasil não é tão simples assim. Existem questões contratuais que a Galápagos Jogos possui como parte do grupo Asmodee, que precisam ser mantidas e respeitadas. Além disso, não acreditamos que simplesmente passar a questão adiante seja uma solução. Com certeza seria um caminho mais fácil, mas não é a forma como trabalhamos, nem como queremos tratar nossos produtos e clientes.

4 - Por que surgiu o Galápagos On Demand?

A iniciativa Galápagos On Demand é uma ideia que ganhou corpo em meio à crise que tivemos no fim de 2018 com a queda de um container importante no mar. Esse container continha alguns produtos muito esperados pelos nossos clientes, como Fallout, parte da Wave 1 e Core 2.0 de X-Wing , além de outros. Isso complicou bastante um contexto que já tinha seus problemas e a ideia da iniciativa é alinhar as demandas de clientes brasileiros com estoques internacionais, trabalhando em edições limitadas: fazemos análise do que está produzido e/ou disponível lá fora para encomendar e nos voltamos aos clientes daqui para fazer uma espécie de pré-venda desses produtos. Isso ocorre em uma janela super limitada de tempo, fechamos os pedidos e iniciamos o processo de importação. Dessa forma, nossos clientes aqui tem acesso mais rápido a opções do catálogo internacional e até a produtos novos (não está limitado ao X-Wing). O único porém é que esses produtos serão sempre em inglês e o que for disponibilizado ali não tem previsão de ter uma versão em português.

5 - Como fica a Wave 3 do X-Wing? Vocês vão trazer?

Sim! Nossa programação a partir de agora é continuar trazendo os lançamentos X-Wing, mas agora com o Galápagos On Demand. É com essa iniciativa que conseguimos disponibilizar versões desses produtos em inglês para todos. Importante pontuar que isso será feito em um formato diferente, com edições limitadas: abrimos uma janela de compra que, depois de alguns dias é fechada e o pedido internacional é feito. Em uma edição seguinte já serão outros produtos, de outra produção, com outro prazo. Por isso, não deve ser pensada como um canal direto a todos os produtos internacionais, abertos indefinidamente. São como pré-vendas pontuais, sem garantia de volta daquele produto que já foi anunciado. Por isso, é importante que a a comunidade se atente a isso e aproveite para fazer suas compras quando identificar que naquela edição do Galápagos On Demand existem produtos que necessita. Como muitos devem imaginar, por ser uma iniciativa tão específica e com quantidades pequenas, os valores negociados e margens de lucro são totalmente reduzidos. Assim, não é algo que fazemos para simplesmente lucrar, mas sim para investir na cena e na comunidade dedicada aos jogos.

6 - Por que vocês não investem mais em X-Wing se existe uma demanda enorme para o produto?

Muito se especula sobre a demanda para o X-Wing, as margens de lucro e já vimos alguns até traçarem estratégias sobre como fazer o jogo explodir no Brasil. A realidade, como sempre, é bem diferente da teoria. Queremos trazer uma luz à essa questão para que todos os nossos clientes entendam o contexto e o quanto são importantes para manter o jogo vivo. A demanda atual é muito menor do que se desenha por aí. Não é ruim, mas o que quase nunca se coloca é que demanda sozinha não responde por performance. Existem, por exemplo, quantidades mínimas de estoque exigidas para se fazer uma versão em português de um produto. Se a demanda não consome esse estoque, temos um problema. Estoque parado é prejuízo e o risco todo é da Galápagos Jogos. Hoje a demanda brasileira não cobre as produções mínimas e, por essa razão, não iremos mais trazer as versões traduzidas, infelizmente. Isso pode mudar completamente no futuro, tudo depende da demanda da comunidade. Com a Galápagos On Demand, poderemos avaliar essa demanda edição por edição e, se verificarmos que está cada vez mais consistente, aí teremos razões para fazer esse investimento e ampliar o portfolio de X-Wing.

7 - Então o que será traduzido de X-Wing a partir de agora?

A partir de 2019, não iremos mais trabalhar na tradução dos materiais de suporte do X-Wing. Estamos avaliando ainda como vai ficar a tradução de informações relacionadas ao aplicativo da Fantasy Flight Games, mas provavelmente será o único item a ter sua versão em português. Como todo trabalho de regionalização, é algo que precisa ser feito com muita disciplina e paciência e é um volume de conteúdo que só cresce ao longo do tempo e que mesmo hoje ainda depende de algumas definições da Fantasy Flight Games que não temos com a velocidade que gostaríamos. Isso acaba passando despercebido ao público geral, mas afeta muito os processos e entrega que podemos oferecer. Por isso, nesse momento decidimos focar em estruturar todas as questões relacionadas ao produto X-Wing, para que possamos ter uma comunidade mais satisfeita, concentrando nossos esforços nas questões mais críticas. Ainda assim, não descartamos que no futuro a linha volte a ser traduzida por inteiro. O que vai determinar isso é basicamente o desempenho do produto e apoio da comunidade nos próximos meses.

8 - Qual é a justificativa de tantos atrasos nos torneios?

Muitas vezes as janelas disponibilizadas para a realização de torneios é bem apertada, principalmente devido à relação entre as confirmações recebidas da Fantasy Flight Games e a parte burocrática na importação ou liberação dos materiais promocionais. Queremos que os eventos competitivos ganhem mais autonomia para que possam ser executadas com excelência (e sabemos bem o quanto os lojistas sofrem com toda essa situação, é algo que não beneficia nenhum dos envolvidos). Eventos classificatórios e de acesso ainda poderão fazer parte do nosso apoio, mas as janelas e oportunidades serão avaliadas junto ao distribuidor e editoras para a validade do evento. Então, é uma coisa que teremos que avaliar melhor futuramente. Nesse momento, o que podemos compartilhar com segurança com a comunidade é que não temos uma definição fechada sobre os torneios e, por isso, permanecem em avaliação.

9 - Se não há uma definição sobre torneios, a Galápagos Jogos poderia apoiar iniciativas independentes de jogadores para a organização desses eventos. Por que não faz isso?

Infelizmente aqui tocamos em um ponto contratual. A Galápagos Jogos não está autorizada a apoiar ou estimular iniciativas assim. Kits promocionais ou mesmo eventos que estimulem a cena de X-Wing, precisam ser realizados em uma loja cadastrada junto a Galápagos Jogos ou sob responsabilidade de uma loja do tipo. Se um grupo de jogadores, por mais honesto, comprometido e respeitado quiser realizar um campeonato, é possível, mas necessariamente precisaria ser por meio de uma loja.

10 - Por que as importações da Galápagos Jogos demoram, enquanto as que são feitas diretamente da Fantasy Flight Games são entregues muito mais rápido?

Aqui há mais um caso de "não é tão simples assim". Quando um cliente importa diretamente da Fantasy Flight Games (fazendo uma compra internacional, por exemplo), está comprando pontualmente de um estoque que vem diretamente dos EUA. Quando a Galápagos Jogos faz a mesma importação, estamos trazendo diretamente de onde são produzidos os jogos, normalmente da China. Só nessa diferença de localidade já temos um acréscimo considerável no prazo. Além disso, tem todo o processo de desembaraço junto à receita federal quando o produto chega, que também não é algo simples e existem sanções diferenciadas para as duas situações. Portanto, sempre que for feita uma comparação, é importante avaliar o contexto para não julgarmos precipitadamente situações completamente diferentes.

11 - Por que a Wave 2 de X-Wing veio mais cara que a Wave 1?

Esse aumento de preço não nos agradou nem um pouco também, acredite. A primeira coisa que causou essa situação foi a própria revisão de valor que a Fantasy Flight Games fez em sua precificação internacional. As naves custam em dólares mais do que custavam durante a Wave 1. Como muitos sabem, qualquer aumento em dólar na fonte não é simplesmente um aumento de conversão dólar para a nossa moeda. Sobre esse aumento incidem impostos e taxas (então nesse momento você já deve imaginar o impacto que isso tem no preço). Somado a isso, tivemos um agravante: a Fantasy Flight Games aumentou suas taxas às distribuidoras para a revenda dos produtos. Assim, apesar dos preços maiores, as margens ficaram menores, o que é mais um indicativo para o aumento de preços. Quem mais sofre com isso está claro, é o cliente que agora tem um produto mais caro (mas que também possui algumas melhorias interessantes). Ainda assim, é algo que não pudemos segurar, infelizmente.

12 - Por que vocês lançaram a Wave 2 sem o Core set 2.0?

Sabíamos que ficaria estranho, mas na verdade existiu um contexto para esse desencontro. Quando enfrentamos a crise da queda do container no fim de 2018, um dos itens que foram perdidos era justamente o Core set 2.0 (junto de alguns modelos de nave). Outro navio estava a caminho com naves adicionais e os kits de conversão e, por isso, de imediato já encomendamos mais uma leva contendo um reprint do Core set 2.0. O que aconteceu nos meses seguintes era o esperado: as naves e kits chegaram antes desses novos Core sets e decidimos já lançar para poder entregar o quanto antes à comunidade os produtos da Wave 2 (que já possuía um atraso considerável). O problema disso é que causou toda essa estranheza e até muitas críticas da comunidade: os jogadores desavisados (ou até que já haviam se esquecido do ocorrido) acreditaram ser um absurdo termos lançado a Wave 2 sem o Core Set. Mas isso não é verdade, ele está chegando e assim que for liberado será lançado, ainda em português, cobrindo o vazio causado pela perda do container. Poderíamos ter tratado melhor essa comunicação, explicação e talvez até segurado essa parte da Wave 2 para lançar tudo em conjunto assim que o Core set 2.0 já estivesse aqui? Sim, realmente tudo isso poderia ter sido feito de uma forma mais clara e aberta. E é justamente o que vamos começar a trabalhar melhor agora.

#COMPARTILHE

Facebook
Twitter
Feed RSS
Assinar RSS!

Comentários

Galapagos default user image
15 de Março de 2019, 15:42

13 - Por que estamos cobrando o dobro (ou mais) do valor hoje que cobravamos ha 2 anos?

Logo 02badge 01colorido rgb2
15 de Março de 2019, 18:00

Oi Marcelo, tudo bem? A questão de aumento de preço no X-Wing abordamos no item 11. Agora, se sua pergunta for mais abrangente, de aumento geral de preços, fica mais simples ainda de responder: poucas coisas no mercado brasileiro hoje tem o mesmo preço que há 2 anos atrás, infelizmente. Com produtos importados (e mesmo as versões de X-Wing em português são importadas porque são produzidas fora do Brasil) a situação é mais delicada ainda.

Galapagos default user image
15 de Março de 2019, 18:53

Claro, ta tudo o dobro do preco hoje que ha dois anos, ne? Da uma pesquisadinha antes de responder uma babaquice completa dessas, amigao.

Ah, e nao vale apagar o teu comentario anterior, beleza?

Logo 02badge 01colorido rgb2
16 de Março de 2019, 13:30

Marcelo, só apagaremos comentários ofensivos ou que contenham discursos preconceituosos ou de ódio. Comentários feitos com falta de tato fazemos questão de manter porque isso só expõe o que queremos combater. Veja que todas as nossas respostas propõe trabalho em conjunto, algumas trazem definições, outras tentam trazer esclarecimentos. Em todas estamos abertos ao diálogo mesmo depois de tantos ataques e mágoa de algumas pessoas da comunidade. Se você não concorda com os pontos é um direito seu e ficará registrado aqui. Se estiver disposto a fazer algo construtivo, aproveite esse espaço, foi criado para isso.


Galapagos default user image
15 de Março de 2019, 15:43

[Insira aqui a sua resposta mais absurda e ridicula possivel]

Logo 02badge 01colorido rgb2
15 de Março de 2019, 18:03

Oi Marcelo! Você pode fazer os questionamentos que achar mais relevantes, estamos aqui para abrir esse canal de diálogo. Acreditamos que se importa com o jogo e a comunidade, caso contrário não estaria aqui investindo seu tempo nisso. Então vamos tentar trabalhar junto nisso, questionar sim, mas de forma respeitosa e focada em melhorias.

Galapagos default user image
18 de Março de 2019, 16:12

É difícil trabalhar junto se percebe que a empresa não se preocupa muito. Além disso, se for para eu trabalhar, eu prefiro receber em vez de pagar. Estou disposto a pagar pelos produtos que chegam em dia. Depois disso, nem tanto. Então, uma dica... Quem tem que trabalhar é quem quer vender, não quem quer comprar.

Galapagos default user image
18 de Março de 2019, 16:14

E pelo amor de Deus, sei que este forum é para X-Wing, mas uma vez que seja, tentem trazer Convergence (SW Destiny) mais cedo, nem que seja em inglês. Já cansamos de esperar 2+ meses depois do lançamento para termos acesso ao material.


Kitfisto swquadrado
15 de Março de 2019, 15:48

Engraçado vir aqui pedir apoio da comunidade nos próximos meses. Essa comunidade foi quem carregou a venda deste produto no Brasil, GJ.
Acordem pra realidade, seus moleques.

Logo 02badge 01colorido rgb2
15 de Março de 2019, 18:24

Oi André, tudo bem? Caso já tenha lido todos os pontos que listamos com calma e não tenha ficado claro alguma questão, fique a vontade para nos enviar as dúvidas que tiver. Um dos itens que levantamos e que é realmente muito importante para que possamos investir tempo e recursos no X-Wing, é o apoio e trabalho conjunto com a comunidade. Caso isso não seja de interesse da comunidade, não há problema, mas quem perde com isso é a própria abrangência do jogo no Brasil. Precisamos escolher agora se iremos olhar para frente em conjunto ou se preferimos focar nos erros do passado, sem propor soluções e apenas apontar dedos. A Galápagos Jogos não tem intenção alguma de forçar qualquer situação junto aos jogadores. Como expressado em alguns pontos nas respostas nessa página, reconhecemos que a comunicação teve falhas, que isso atrapalhou muito a relação com alguns jogadores de nossa base, mas nesse momento estamos trabalhando exatamente para melhorar e participar mais ativamente disso. Estamos abrindo esse canal de diálogo para evoluirmos com respeito e clareza.

Kitfisto swquadrado
15 de Março de 2019, 19:02

HAHAHAHAHA
"reconhecemos que a comunicação teve falhas"
Não, GJ, vcs reconhecem que vão entrar com ações legais contra os membros da comunidade. Em NENHUM comunicado de vocês são reconhecidas as falhas.

Com todo o respeito, acordem pra realidade.

Querem abrir canal de comunicação? Beleza, façam isso. Entrem em contato comigo. Fui jogador assíduo e de sucesos do competitivo de X-Wing, participei com diversos parceiros pra gravar dezenas de episódios do podcast do South Wookiees, produzi vídeos com aulas sobre estratégia e sempre estive aberto a esse diálogo. Mas nunca houve por parte da empresa essa abertura nem me procuraram.

Ocorre o mesmo com o Legion, que a GJ espera botar na prateleira e simplesmente contar o dinheiro que entra. No DOff do RJ eu estava com uma mesa feita por minhas mãos, e com muito suor e dinheiro sou um dos jogadores que procura manter uma comunidade ativa deste jogo. A GJ nunca procurou pra acertar uma parceria. NUNCA. Mas quiseram ir lá tirar fotos da minha mesa pra vender mais produto.

Então sinceramente, mais respeito e honestidade. Amadureçam e aí sim teremos uma conversa entre adultos.

Logo 02badge 01colorido rgb2
16 de Março de 2019, 13:52

André, a ideia dessa iniciativa é abrir um canal de comunicação com toda a comunidade. O que você propõe é fechá-lo em alguns poucos como você. Com certeza é uma ótima ideia em uma segunda fase contatar jogadores experientes e importantes como você para trazer visão e experiência para nos ajudar a melhorar ainda mais o que estivermos fazendo. Mas nesse momento, o que precisamos é estabelecer uma base de diálogo com todos, corrigir os erros do passado e olhar para frente, para o que podemos fazer pelo jogo. Essa postura é sim uma amostra de respeito e honestidade e, ao tentar dar voz a todos, estamos já empregando esforços que outras linhas de produtos não tem. Agora, um ponto que nos traz algumas dúvidas e que vemos ser recorrente em alguns comentários aqui (e que provavelmente iremos até incluir em breve no FAQ para que outras pessoas possam ler e entender melhor), é a questão de "vender mais produto". A Galápagos Jogos é uma empresa que vende produtos. Como toda empresa que vende produtos, seu objetivo principal e o que faz a máquina girar e crescer, é vender produtos. Então todas as iniciativas, de uma promoção a uma parceria, em certo nível precisam ter uma resolução quanto a vender produtos. Nenhuma empresa irá investir em uma cena ou fazer parcerias se em algum momento não tiver esse retorno claro. Na verdade é ruim até para a própria cena e seus jogadores porque se não há vendas, não há investimento, a conta não fecha. Ao mesmo tempo, isso não pode ser tão frio assim. Do lado de cá existem pessoas apaixonadas pelos produtos e que acreditam que dá sim para termos um ambiente saudável, que traga benefícios reais para as pessoas e famílias e que, ao mesmo tempo, incrementem as vendas. Buscamos essa harmonia, erramos às vezes, mas acertamos também. O importante é que evoluímos e queremos que pessoas que estejam realmente dispostas façam parte disso.

Kitfisto swquadrado
16 de Março de 2019, 14:58

Ótimo. Então primeiros passos:
1. Retirem ameaças a membros da comunidade. Quem está criando uma situação de antagonismo são VOCÊS e não os membros da comunidade de jogadores.
2. Admitam os erros passados. TODOS. Admitam que se atrapalharam para organizar eventos, que cometeram erros e têm dificuldades em apresentar traduções de qualidade, que perderam prazos de solicitações de kits de torneio entre tantos outros.
3. Assumam como empresa séria as decisões de negócios. Parem de dançar em volta das decisões com desculpas esfarrapadas. Todos nós brasileiros adultos sabemos que as condições de importações não estão as melhores, então assumam os aumentos de preço sem desculpinhas. Assumam as eventuais decisões de não trazer alguns produtos.
4. Relacionado à anterior, PAREM de acusar a comunidade pelo suposto fracasso de vendas. A comunidade é quem mantém o marketing e o mercado para o produto de vocês vivo! Portanto:
5. Reconheçam os esforços da comunidade e suas lideranças. Reconheçam quem tem canal de YouTube, quem faz podcast, quem responde dúvida de novato, quem esclarece as regras, quem gasta centenas de reais por ano transportando tábuas todo mês até a loja para que tenha torneio com os amigos... Esses são os maiores responsáveis por qualquer sucesso que vocês jamais terão vendendo X-Wing.
6. Sejam mais honestos quanto à organização do competitivo. Parem de mandar kits pra lojas "porque elas compram muito" de vocês. Respondam as perguntas feitas. Sejam transparentes e honestos e de novo, assumam os eventuais erros.

Logo 02badge 01colorido rgb2
16 de Março de 2019, 15:39

André, quanto aos 6 pontos que você levantou nessa mensagem, parte já foi respondida no próprio FAQ e parte são questões pessoais ou que não trazem para a discussão ideias de melhoria ou críticas construtivas sobre como podemos tornar essas melhorias realidade. É nisso que precisamos focar. Estamos sim respondendo todas as perguntas com clareza, honestidade e com as informações que conseguimos disponibilizar nesse momento. Entendo que em algumas situações não será o bastante para o que você e outros jogadores desejam, mas esperamos cada vez com mais frequência poder incrementar isso.

Kitfisto swquadrado
16 de Março de 2019, 18:47

Bueno, então seguiremos discordando frente à incapacidade de diálogo adulto que vocês apresentam. Nenhum dos meus pontos foi objetivamente endereçado no FAQ. Aliás dizer que algum dos meus pontos é questão pessoal é de uma miopia inacreditável.

Vou coordialmente encerrar as interações por este canal, pois, dada a postura da empresa, este tem se mostrado infértil. Seguirei trabalhando em prol da comunidade deste jogo e de outros com os quais me envolvo, como sempre o fiz, e novamente manifesto minha completa disposição em trabalhar em conjunto com a Galápagos Jogos caso os interesses estejam em consonância e a GJ esteja realmente aberta ao diálogo.

Passar bem.


Galapagos default user image
15 de Março de 2019, 15:57

Faltou algo muito importante nesse FAQ: vocês vão parar de localizar e estocar os produtos de x-wing mas vão continuar trazendo os mateirais de torneios e realizando os mesmos nacionalmente? Será que dá pra explicar essa parte melhor?

Logo 02badge 01colorido rgb2
15 de Março de 2019, 18:34

Oi Bruno, tudo bem? Essa pergunta é abordada em parte no item 8 desse FAQ. Ainda não conseguimos dar uma previsão para essa questão também porque nesse momento estamos com essa definição em stand by. Como exploramos em alguns itens aqui, é importantíssima da participação positiva da comunidade para que faça sentido para a Galápagos Jogos investir no produto. A agressão que parte da comunidade insiste em fazer, mesmo quando abrimos um canal como esse e, principalmente, sem se propor soluções ou participar da discussão de forma respeitosa, apenas vão atrasar quaisquer novas iniciativas e esforços. Queremos muito participar e melhorar onde erramos no passado, mas não faremos isso para agradar esse ou aquele jogador. Faremos isso se enxergarmos que existe uma comunidade sadia e disposta a trabalhar em conjunto para ampliarmos a cena.

Galapagos default user image
15 de Março de 2019, 19:01

"... Faremos isso se enxergarmos que existe uma comunidade sadia e disposta a trabalhar em conjunto para ampliarmos a cena."

Uma comunidade sadia e disposta? Really? Vamos então olhar de volta para 2015, 2016. Quando não existia TJO e quando o mesmo começou a ser implantado. Pergunte a qualquer um que foi membro dessa época o que era a comunidade. O que aqueles que fizeram e organizaram torneios que vocês não estavam fazendo sacrificaram pela comunidade. Pessoas que andaram meia cidade para pegar tampos porque não existiam. Pessoas que se viraram para criar algum tipo de playmat porque vocês não o traziam, pessoas que sacrificaram dinheiro do próprio bolso para criar premiações porque vocês não as traziam.

Aí entramos em 2016, em que começou a ter um TJO completamente ativo, em que ele se integrou com a comunidade, veja o quanto o jogo cresceu,. veja o quanto as comunidades se unificaram. Nós ajudamos a trazer o segundo maior nacional de 2016 e vocês vem falar que não fomos uma comunidade sadia e disposta? Faça-me o favor...

Aí a gente entra em 2017, juntamente com a entrada do seu novíssimo funcionário Billy Anderson. tínhamos um canal estruturado que trabalhava com o TJO, ajudava a ver comunidades que estavam realmente interessadas em fomentar o jogo e aquelas que só vendiam produtos. Tudo isso que havia sido trabalhado foi jogado completamente fora. Ficamos fora do loop de modo que independente de quem cobrasse o "competente" Billy ficava sem respostas. Torneios se passavam no mundo e ninguém sabia se sequer receberíamos alguma coisa. As premiações que antes eram usadas para ajudar as lojas que fomentavam o jogo com suas partidas e torneios e arrecadava cada mês mais jogadores para o hobby, agora perdiam esses prêmios que eram enviados para lojas que literalmente não se importavam com o jogo, mas por serem fortes parceiras comerciais

Galapagos default user image
15 de Março de 2019, 19:10

acabavam recebendo essas promos e que ou acabavam pegando poeira em seus estoques ou então DAVAM elas de brinde para quem quer que comprasse algum produto. Lojas apenas online e que nada tinham a ver com o produto X-Wing recebiam promos enquanto lojas físicas que organizaram os seus maiores torneios sem ser nacional ficavam sem kits.

Depois de tudo isso, que como pode ser visto estava uma porcaria, chegamos no final de 2017. período que ocorreriam os regionais. Regionais esses que nós já sabíamos da existência deles e dos kits que os compunham desde FEVEREIRO e desde então cobrávamos do seu "COMPETENTE" TJO também conhecido por Billy Anderson, e o mesmo não apenas não sabia decidir quais seriam as sedes, como enrolou para fazer o pedido dos kits. E qual foi o resultado disso? Ah... o resultado foi muito simples senhora Gaslápagos Jogos. Chegou o fim do ano e não tínhamos nem sedes e nem kits! Chegou Janeiro e ainda nada! Chegou começo de fevereiro de 2018 e o "adorável" TJO vem nos informar das sedes dos regionais e que os mesmos deveriam ser executados em até 8 semanas do período anunciado, porque era o Limite da FFG para os torneios. Ok, o limite vem da superior e isso nós entendemos. Mas o que niguém entende é porque vocês decidiram informar isso 1 ANO DEPOIS DO ANÚNCIO DOS KITS! Deram aos organizadores coisa de menos de 2 semanas para organizar tudo, local, horário, divulgação, informativos e etc. Lembrando que o torneio regional não é qualquer torneio de Várzea que premia um pacote de tokens e uma latinha de Coca-Cola. É o segundo maior tipo de torneio que as maiorias dos países pelo mundo (Brasil incluso) conseguem ter.

Galapagos default user image
15 de Março de 2019, 19:19

Os jogadores de diversas regiões que não tem a capacidade de presidir um torneio de tal porte ou então que são de regiões próximas e querem prestigiar os eventos vizinhos se preparam para poder fazer uma viagem e participar do torneio. E aí vocês nos dão 2 semanas para preparar tudo, a pessoa pesquisar passagem, hotel, etc para prestigiar... Por favor... Isso sem ressaltar que os regionais americanos por exemplo, se encontravam no site da FFG já com suas localizações e datas facilmente 4 meses antes da execução do primeiro regional. Nós tivemos 2 semanas pro primeiro, quando poderíamos ter tido facilmente 6 meses.

E depois de tudo isso, vocês vem falar que temos culpa pelo nosso desapontamento com a relação pífia, pra dizer o mínimo, que o seu TJO teve com a nossa comunidade? Faça-me o favor.

Ressalto também que o canal que tínhamos com o TJO tinha sido ideia do mesmo no nacional de 2017, que seria para juntar organizadores de diversas regiões e ajudar a coordenar quais lojas receberiam kits, lugares que poderiam receber regionais. atualizar os representantes sobre status do TJO, dentre outras coisas. Canal esse que recomendou que certas lojas não recebessem kits exatamente por não promoverem o jogo acabassem recebendo mesmo assim, apenas por serem fortes parceiros comerciais (lembra das promos que falei acima que pegaram poeira ou foram dadas na hora de compras de produtos?). E aí o mesmo canal é "abandonado" pelo seu "glorioso" TJO por mais de 45 dias sem nem mesmo um único comentário sobre o que está acontecendo, enquanto cobrávamos por torneios e kits e atualizações sobre os mesmos, e aí ele vem nos falar que somos sensíveis? Tá de brincadeira com a minha cara!

Quer ajudar a comunidade? Quer juntar-se a nós para crescer novamente? Quer mesmo tentar? Ok, vou lhe ajudar com algumas soluções no próximo comentário.

Galapagos default user image
15 de Março de 2019, 19:26

1- DEMITA BILLY ANDERSON! Ele não fez absolutamente nada para o cenário nacional. Apenas ignorava a comunidade, não dava nenhum feedback e nos tratava com premiações tal qual uma criança é tratada quando quer um brinquedinho novo.

2- Traga seus produtos com o menor tempo possível e com preço menor. Vocês ainda não entenderam que quem está fazendo vocês não venderem X-Wing é exatamente... adivinhem... VOCÊS MESMOS!!!! Isso mesmo! Vocês atrasam, não trazem informmações sobre os produtos, não ligam para as suas comunidades. O que ela faz então? Ela importa, porque vai chegar mais rápido e MUITO MAIS BARATO (o aumento de preço nos produtos foi abusivo. Importei uma nave que com taxa saiu mais barata que a de vocês no site...)

3- Criem um TJO de verdade, que interaja com as suas comunidades, queira entender o que o seu competitivo precisa, entenda como os seus produtos funcionam, ajudem suas lojas a crescerem, ajudem elas a fomentar seus cenários locais (aquelas que realmente querem), estejam ativos em suas comunidades e queiram realmente participar.

4-Sejam sinceros com seus clientes. Não é nem apenas a comunidade de X-Wing, mas de outros jogos também que está completamente insatisfeita com o modo de ocultações e mentiras vocês tratam os seus clientes. Sem falar nos atrasos que eu já comentei acima. isso apenas faz a gente se afastar mais e importar mais.

5-Não ameacem processar os seus clientes. Sério? Preciso mesmo comentar alguma coisa a mais nisso daqui?

Querem mais ajuda?

Galapagos default user image
15 de Março de 2019, 20:35

Apesar de um outro Bruno estar aqui metido na minha pergunta, vou considerar uma conversa um a um com vocês da Galápagos e ignorar ele ( :* Amorim)

Vou dar um crédito porque vocês me responderam então vou imaginar um cenário onde vocês realmente não entendem qual é o problema e dizer minha opinião de como resolvê-lo:

"Oi Bruno, tudo bem? Essa pergunta é abordada em parte no item 8 desse FAQ. Ainda não conseguimos dar uma previsão para essa questão também porque nesse momento estamos com essa definição em stand by. "
Ja começamos mal. Se vocês ainda não tem uma definição, significa que todas as janelas que já aconteceram lá fora para solicitação de kits forma perdidas, certo? E como isso não pode ser culpa da comunidade que está sendo "agressiva" (já que tem janelas desde SETEMBRO do ano passado) essa falta de programação vai ficar na conta de quem? É desse tipo de falta de organização que a comunidade reclama. Esses prazos são comunicaods pela FFG a todos os distribuidores MUITO ANTES dos torneios ocorrerem, porque eles tem que produzir esses kits de premiação. Olha só que engraçado, eu não tenho NENHUMA ligação direta com lojistas nem com distribuidores e sei exatamente quando as janelas abriram e o conteúdo detalhado de cada kit. As pessoas simplesmente conversam, então não tem como a informação real e exata do que acontece e como acontece não chegar na gente. :)

Galapagos default user image
15 de Março de 2019, 20:42

"Como exploramos em alguns itens aqui, é importantíssima da participação positiva da comunidade para que faça sentido para a Galápagos Jogos investir no produto. A agressão que parte da comunidade insiste em fazer, mesmo quando abrimos um canal como esse e, principalmente, sem se propor soluções ou participar da discussão de forma respeitosa, apenas vão atrasar quaisquer novas iniciativas e esforços. "
Ok, de novo, estmaos culpando a comunidade. Deixa eu tentar explicar pra vocês que é ser um cliente jogador de X-Wing que tenta comprar as coisas pelas Galápagos: a gente vê as coias serem lançadas lá nos EUA. A gente espera a Galápagos anunciar. Se passa 1 mês. A galápagos não dá notícia. Alguns de nós cansam de esperar e importam diretamente dos EUA. Se passam quase 3 meses, a Galápagos vem como uma notícia triste: o container afundou, mas vamos fazer de tudo pra trazer o produto novamente. Quem cuida das comunidades locais lamenta e pede pra galera espera, porque se ninguém comprar Galaápagos, a coisa não fica rentável pros lojistas e ai eles desistem de nos apoiar. Passam-se 4 meses. A notícia de quando vem os kits nunca chega, sempre está quase pronta pra ser liberada. Passam-se 5 meses. Oba, conseguimos trazer a segunda Wave (por um preço literalmente 6 vezes o preço do dólar atual, a cotação mis cara da história do mercado de câmbio) e vamos abrir pré-venda on demand logo logo do que falta. Passa-se mais um mês. Abre-se uma pré-venda em que é anunciado que apenas depois de (no mínimo) 90 dias o produto que você comprou vai chegar.

Nos EUA temos a Wave 3 prestes a ser lançada. No Brasil temos a promessa do core set em TALVEZ 90 dias.

Galapagos default user image
15 de Março de 2019, 20:45

Vocês precisam entender que a comunidade não acordou ontem de mal humor e resolveu atacar vocês sem motivos. Foram ANOS de falhas de comunicação, ANOS de atrasos na importação, ANOS de coisas mal traduzidas e com erros grosseiros e/ou falhas de impressão.
Você PRECISAM ENTENDER que isso não é pessoal. Vocês são uma empresa, e seus clientes que ficaram anos sendo ser tratados sem o mínimo de respeito, estão apenas (desculpem a expressão) de "saco cheio". E as pessoas vão estourar em algum momento e ser agressivas e incisivas em suas críticas. Não é a melhor forma de se comunicar, mas o que vocês demonstram é que é a ÚNICA forma. Esse suposto "canal aberto" nunca existiu antes. Vocês estão respondendo a um ataque agressivo, lançando uma nota que não resolve nada e explica tudo basicamente dizendo "não sei, te respondo quando souber". É realmente um dos maiores desastre de relações públicas que eu já vi.

Galapagos default user image
15 de Março de 2019, 20:53

"Queremos muito participar e melhorar onde erramos no passado, mas não faremos isso para agradar esse ou aquele jogador. Faremos isso se enxergarmos que existe uma comunidade sadia e disposta a trabalhar em conjunto para ampliarmos a cena."
Eu prometi que ia dar minha opinião sobre como resolver certo? Então vamos lá:
A grande maioria dos seus clientes não vai comprar seus produtos se eles chegarme no Brasil 6 meses depois de lançados. Vocês fazem ideia de quanto custa importar um produto LEGALMENTE (pagando todas as taxas de importação) de uma loja nos Estados Unidos? Menos do que custa comprar o produto brasileiro que chegou 3 meses depois do lançamento internacional. Esse jogo é dinâmico demais para isso, Sendo que a mesma loja dos estados unidos te entrega em no máximo 1 mês e meio (isso se demorar a passar pela receita federal).
Eu entendo que os desafios de uma empresa são diferentes de uma pessoa física quanot à importações. Mas vocês também tem MUITO MAIS vantagens do que a Pessoa Física. Ou vocês acham que a gente nãp sabe que vocês podem comprar isso MUITO antes do lançamento oficial? Vocês já ganharam ai pelo menos um mês em cima daquela oja estrangeira que s;o me envia no lançamento do produto. E ainda assim vocês me entregam pelo menos 2 meses depois dela. Isso não pode estar certo. Alguma parte desse processo de vocês PRECISA estar errada, e é ai que vocês precisam melhorar (MUITO).

Galapagos default user image
15 de Março de 2019, 20:59

A comunidade sadia disposta a trabalhar em conjunto que vocês querem sempre esteve aí, desde que o X-Wing chegou ao Brasil. Quem fez o jogo andar NUNCA foi a Galápagos, e sim as lideranças de cada comunidade. Essas pessoas que foram chamadas ora de "sensíveis", ora de "agressivas", ora de "tóxicas" são simplesmente consumidores apaixonados que estão vendo vocês enfiarem os pés pelas mãos em um processo que era pra ser fácil, mas se torna cada vez mais complexo.
Vocês só precisam fazer o básico;
1. Trazer os produtos.
2. Trazer os kits de premiação.
Vou ser 100% sincero: se vocês não estivessem no meio do processo, nós mesmos importariamos os kits da FFG e eles chegariam aqui em um tempo hábil para cumprir qualquer janela necessária. Mas infelizmente por regras contratuais, eles nos impedem de fazer isso, e precisamos que vocês façam isso por nós. Sério, se eu tivesse um email @galápagos.com.br, eu fazia esse trabalho de graça pra vocês. Eu já tentei ajudar o TJO quando o grupo de rganização do WhatsApp foi criado. Fiz todo um estudo de onde tinha gente jogando, onde tinha necessidade de expansão. E eu não quero (nem nunca quis) crédito ou parabéns. Eu só queria ajudar vocês a fazer o trabalho direito. Mas infelzimente mesmo com informações privilegiadas sem esforço, os critérios utilizados foram outros inventados pelo TJO. Até ai estaria tudo bem, vocês não são OBRIGADOS a nos ouvir - apesar de estarmos fazendo esse trabalho de organização muito antes de vocês sequer despertarem o interesse. Porém os critérios deveriam ser baseados em algum tipo de realidade ao invés de várias lojas que sabidamente não organizam jogos receberem repetidamente kits que nunca seriam usados, por exemplo).

Galapagos default user image
15 de Março de 2019, 21:06

Eu posso ficar aqui escrevendo por dias, mas será que realmente adianta?
O discurso inicial de vocês (inclusive no post que originou esse FAQ) é defensivo. É de quem não entende porque está sendo atacado pela comunidade. Como se não fizesse qualquer sentido.
E isso me diz que um dos cenários abaixo é a verdade:
1. Vocês realmente não entendem o que está acontecendo, e a comunicação que temos com vocês é muito prio do que pensávamos. Porque todas as reclamações (em tons muito menos acalorados) já foram feitas DIRETAMENTE ao TJO em DIVERSAS OCASIÕES anteriores. Ou ele não repassa isso internamente (nesse caso estaria agindo de má-fé) ou ele repassa e quem está acima não se importa (nesse caso vocês tem um problema de gestão, que culminou nessa situação atual)

2. Vocês até sabiam que tinham problemas mas não faziam ideia do tamanho deles. Ok, vamos melhorar então? Qual a propsota concreta de vocês pra isso? Vocês tem 2 principais problemas que vocês tem hoje, que são atraso no atendimento à demanda e atraso na organização de torneios. O que é viável melhorar no processo pra isso funcionar melhor (não precisa ficar perfeito AGORA, só precisa melhorar gradativamente ao menos ao invés de se deteriorar como está atualmente)

3. Vocês na verdade sabem de tudo isso mas estão se defendendo atrás de uma presunção de ignorância. Bem, eu gostaria de acreditar que não é esse o caso, porque ai não tem mais jeito mesmo.

Galapagos default user image
15 de Março de 2019, 21:10

Em resumo: parem de culpar a comunidade pelo problema porque 1. não é culpa do cliente (sério, não é) e 2. não resolve nada.
Vocês querem que a gente seja construtivo? Estamos aqui pra resolver o problema (apesar de vocês acharem que não). Demonstrem que ser construtivo vai realmente melhorar algo. Criem um canal de comunicação verdadeiramente aberto, onde vocês possam se comprometer com alguma coisa e de fato entregar melhoras no processo. Se vocês demonstrarem real interesse, vão descobrir que tem muito mais gente querendo ajudar do que querendo reclamar.

Logo 02badge 01colorido rgb2
16 de Março de 2019, 13:58

Bruno Amorim e Bruno Orsolon (vamos tratá-los com sobrenomes nas respostas para que não haja confusão nas respostas, OK?)

Logo 02badge 01colorido rgb2
16 de Março de 2019, 14:15

Bruno Amorim, acredito que houve um mal entendido entre o que declaramos aqui e o que você entendeu. Não estamos querendo diminuir de forma alguma todos os esforços do passado. Estamos olhando para o que acontece hoje e para o que vai acontecer amanhã. Entendemos toda a frustração que problemas do passado possa ter causado a você, mas queremos olhar para o que podemos fazer pelo jogo. Você pode não concordar, não querer mais ter relação com o trabalho da Galápagos Jogos por não acreditar ou confiar no que estamos fazendo, mas podemos garantir: estamos sempre abertos ao diálogo e continuaremos assim. Bom, dito isso vamos às suas sugestões de melhoria que é o que mais importa focarmos agora.

1 - Demitir um funcionário nunca será uma solução. É tentador para qualquer pessoa começar uma caça às bruxas e frustrante quando, depois de analisar tudo o que envolve temas complexos como esse, não ter alguém para crucificar. Mas concentrar os problemas em uma única figura seria até leviano da nossa parte. Sabemos que as questões são mais complexas, que existem muitas variáveis e que precisam ser trabalhadas. É o que estamos tentando fazer agora. O sucesso disso vai também depender de deixarmos todos as diferenças e lado e olhar para frente.

2 - Os preços praticados foram explicados (embora de forma mais resumida) no item 11 desse FAQ. Obviamente queremos reduzir os preços dos produtos (o que ainda não é possível). Sabemos muito bem que a carteira dos clientes tem um limite e que faz muito mais sentido vendermos mais por menos, desde que tenha uma margem saudável. Agora, quando você compara uma importação que você (pessoa física) faz com o de uma empresa para vender no Brasil, está ignorando muitos fatores, taxas e inclusive negociações diferentes entre os fabricantes e os países. Pode ter certeza de que assim que pudermos deixar os valores melhores, o faremos.

Logo 02badge 01colorido rgb2
16 de Março de 2019, 14:26

3 - É exatamente no que estamos trabalhando agora: reforçar o TJO e revisar todas as ações para que possamos entender o que o cenário competitivo precisa, ajudar as lojas a crescerem, fomentar as cenas locais e que participem como uma comunidade saudável, que está focada no presente e no futuro.

4 - Precisamos discordar de parte desse ponto. Ocultações e mentiras não é prática da Galápagos Jogos. Sabemos que problemas na comunicação ocorreram e que reestruturações precisam ser feitas. Estamos fazendo e essa iniciativa é uma pequena parte inicial de tudo isso.

5 - Não queremos processar nossos clientes, não vemos valor algum nisso. Ao mesmo tempo, não podemos compactuar com as manifestações injuriosas e discurso de ódio que foram identificados na comunidade de X-Wing. Nossa primeira ação sempre será buscar o diálogo, que é o que estamos fazendo nesse exato momento. Mas para isso, precisa haver disposição entre as partes, tolerância e vontade de olhar para a frente.

Mais ajuda? Sempre. Considere essa uma linha direta para evoluirmos nossa conversa. Ainda pensaremos em formatos melhores e mais práticos para essa iniciativa, mas isso é um começo.

Logo 02badge 01colorido rgb2
16 de Março de 2019, 14:45

Bruno Orsolon, tudo bem? Sua crítica, apesar de acalorada (e entendemos totalmente as razões disso), é exatamente o que precisamos para que esse diálogo inicial tenha um propósito e seja uma força motriz para as mudanças que gostaríamos de implantar. Em resumo (apenas para simplificar nossa resposta agora, mas estamos considerando sim tudo o que você postou), seus pontos tratam basicamente de torneios e acertos nos prazos, preços e fornecimento dos produtos. Apesar do primeiro ser essencial para estimular o cenário competitivo, acreditamos que o mais importante nesse momento seja o segundo para a continuidade no fornecimento do jogo. São esses acertos (que estão em avaliação nesse momento) que serão a base para qualquer outra iniciativa mais avançada como com relação aos torneios. Sabemos que infelizmente isso não te traz uma definição imediata, nem clara, mas precisamos nesse momento trabalhar na parte estrutural de tudo isso. Não vamos acertar essa relação da noite para o dia, mas precisamos começar de algum ponto. Quanto a culpar a comunidade, não é isso que estamos fazendo. Estamos levantando pontos problemáticos que queremos endereçar ações consistentes. Parte disso, tem sim influência da comunidade, uma grande parte do nosso trabalho e outra grande parte de tudo o que acontece lá fora com relação ao produto e fornecimento. Isso, só para simplificar as coisas. Verificamos que muito se especulou na comunidade sobre prazos de importação, por exemplo, comparando uma importação de pessoa física dos EUA para o Brasil versus a importação da Galápagos Jogos. Só nisso já temos uma diferença enorme, já que o a importação que fazemos vem da China, com prazos totalmente diferentes. Esse tipo de divergência de informação vimos criar bases para especulações que não trazem soluções, só mais desconfiança e dúvida. Com o diálogo é uma das coisas que queremos esclarecer.

Liga 2015  1
16 de Março de 2019, 20:49

>>"Oi Bruno, tudo bem? Essa pergunta é abordada em parte no item 8 desse FAQ. Ainda não conseguimos dar uma previsão para essa questão também porque nesse momento estamos com essa definição em stand by. Como exploramos em alguns itens aqui, é importantíssima da participação positiva da comunidade para que faça sentido para a Galápagos Jogos investir no produto. A agressão que parte da comunidade insiste em fazer, mesmo quando abrimos um canal como esse e, principalmente, sem se propor soluções ou participar da discussão de forma respeitosa, apenas vão atrasar quaisquer novas iniciativas e esforços. Queremos muito participar e melhorar onde erramos no passado, mas não faremos isso para agradar esse ou aquele jogador. Faremos isso se enxergarmos que existe uma comunidade sadia e disposta a trabalhar em conjunto para ampliarmos a cena."<<

O que é definição em stand by? Supondo que stand by seja uma suspensão esperando algo, que está esperando pra ter definição se vai ter ou não kits de torneio e cenário competitivo no Brasil? Essas são respostas nada objetivas, e mesmo que estiver definido que vai fazer, qual seria o tempo de chegada desse material pro Brasil se sequer a decisão go/no go foi tomada? Qual a participação que os jogadores deveriam ter para "ajudar" a decisão positiva em relação a isso? Ficar AMIGO da empresa? Será que a empresa vai fornecer com desconto por essa amizade? O que os senhores estão propondo é uma mão dupla no trabalho e mão única nos lucros.

Aí a gente fala que vocês são enrolões e vocês ameaçam de processo. Trabalhar na cena de X-Wing para a GJ deveria ser sinônimo de vendas para esse ramo de colecionáveis competitivos, mas não é assim que a empresa pensa, está claro nesse documento. A comunidade que trabalhe para si própria e a GJ que lucre como e quando conseguir trazer os documentos.

Logo 02badge 01colorido rgb2
17 de Março de 2019, 13:21

Daniel, é bem importante não tratarmos de forma leviana as agressões que tem se repetido há meses, focadas em funcionários da empresa e não simplesmente na insatisfação com a empresa. Não podemos minimizar isso, seria irresponsável, já que até ameaças aconteceram e foram registradas. Claro que entendemos que muitas dessas declarações podem ter sido feitas em momentos acalorados, mas caso tivessem consequência séria como agressões físicas reais, seria negligente da nossa parte não nos posicionar. Como explicamos em algumas das mensagens aqui, não iremos compartilhar mais informações que não estejam 100% confirmadas ou confiáveis. Vamos trabalhar para a comunicação seja mais fluida e algumas decisões cheguem mais rápido até a comunidade, mas enquanto não tivermos algumas definições internas e com relação a alguns mercado internacionais, vamos preferir não trazer qualquer status. Isso tem consequências ruins, como esse momento de indefinição em que estamos, mas é uma decisão que precisamos tomar para que possamos recomeçar nosso trabalho de forma mais sólida. Com certeza vai desagradar aos jogadores mais envolvidos nesse momento, mas não teremos ainda soluções imediatas. Estamos olhando agora para o médido e longo prazo para que possamos consertar os problemas do passado.

Galapagos default user image
17 de Março de 2019, 13:56

Impressionante a GJ ainda estar em um "momento de indefinição". Esse momento já dura 2 anos no mínimo.
E outra, negligencia é não cuidar do próprio produto e do mercado consumidor. Negligencia é ignorar as críticas que se recebe, deixá-las chegar ao ponto em que se concentram na figura individual de um funcionário por tanto tempo que se tornam pessoais. Não que o tal funcionário seja competente, muito pelo contrário, mas ele apenas reflete a empresa em que trabalha.
No mais, só tiro uma conclusão de tudo que a GJ falou neste canal: NADA IRÁ MELHORAR. Estamos recebendo as mesmas resposta vagas de "confie em nós, estamos trabalhando pra melhorar o jogo" que recebemos a 2 anos atrás, a diferença é que agora a empresa tomou ações para diminuir o jogo no mercado brasileiro.

Logo 02badge 01colorido rgb2
17 de Março de 2019, 19:32

Bom, Sérgio. Essa é sua opinião e será respeitada. No mais, vamos concentrar nossos esforços agora no foco dessa iniciativa. Só poderemos resolver a questão com ações, não palavras.

Galapagos default user image
18 de Março de 2019, 00:14

Nisso finalmente concordamos.
Apenas ações DA EMPRESA GALAPAGOS poderão resolver isso.
Pelo amor que eu tenho pelo jogo espero de coração que vocês consigam fazer tudo que não fizeram até então.
Por fim, aproveito para avisar, façam logo, para ontem, vocês já gastaram muito tempo dos clientes e do jogo.


Galapagos default user image
15 de Março de 2019, 16:00

Só uma dica em relação ao tópico 6 e à demanda pra vocês. Não tem demanda por culpa única e exclusivamente dos senhores. A demora, falta de transparencia sobre lançamentos, tradução repetidamente mal feita (ainda bem que o Marshall pegou pra revisar), fracionamento de waves e preço maior que o de importação historicamente fez e faz com que nós consumidores compremos de fora.
Quanto ao tópico 8, não venham de ladainha pra cima da comunidade, mais de uma vez foi aberto prazo por parte da ffg para se adquirir kits de torneios e nosso querido tjo Bilu perdeu este prazo por pura incompetência, mesm sendo constantemente avisado pela comunidade sobre as datas.
Galapagos pra variar está de parabéns. Vocês deviam mudar de ramo e entrar para um ramo de invenção de desculpinhas, seriam número um nisso.

Logo 02badge 01colorido rgb2
15 de Março de 2019, 18:54

Oi Sérgio, tudo bem? Com certeza temos uma parcela de culpa nisso. A comunicação nesse momento delicado ficou longe do ideal, mas existe sim uma questão crítica na relação entre quantidades mínimas e demandas que tivemos no Brasil para as versões traduzidas. Isso não é um problema só no Brasil, é uma questão em vários outros países de língua não inglesa. Se alguns consumidores tem acesso a comprar de fora, isso sempre vai sair mais barato que comprar uma versão traduzida ou mesmo que comprar uma versão em inglês importada por vias legais. Acredito que a importância dessa discussão não seja essa, mas como podemos ampliar a cena para novos jogadores. Só alguns jogadores terem acesso não contribui para a ampliação da cena, resolve o problema apenas de poucos. Se isso basta para a comunidade, tudo bem, não queremos interferir nisso. O que propomos é, a partir de agora, ir além disso. Se encontrarmos apoio, temos o respaldo para investir na cena. Quanto ao tópico 8, é uma pena que tenha essa impressão. Entendemos a frustração que toda essa situação causou, mas infelizmente tivemos que tomar decisões difíceis. O problema maior na verdade (e aqui, como em diversos momentos nessa página, estamos admitindo nossa parcela de culpa e trabalhos para uma melhoria a partir de agora) foi a comunicação com a com unidade. É aqui que pecamos, quando poderíamos ter deixado algumas informações mais claras e tranquilizado a comunidade em outras situações. Agora é trabalhar para olharmos para frente. Entendemos que possa ter perdido a confiança em nosso trabalho por conta disso, mas acreditamos que se importa com o jogo e com a comunidade, caso contrário não estaria investindo seu tempo deixando essa mensagem. Queremos essa crítica e essa participação e estamos atentos a todas as opiniões que focam na evolução e melhoria.

Galapagos default user image
15 de Março de 2019, 19:52

Acho um avanço imenso por parte de vocês admitir falharam no contato com a comunidade.
Porém, essa NÃO É a única falha, e falta tambén que isso seja percebido.
Se realmente a intenção da empresa é reatar as relações com a comunidade e ampliar o número de jogadores e o hobby acho maravilhoso, mas só isso não é suficiente.
Primeiramente, não há NENHUM motivo para que se compre o produto pela galapagos, já que importando temos o mesmo produto mais barato e com lançamento mais ágil. Estamos em 2019, todos tem acesso a um cartão de crédito e estão áptos a importar o produto. Ao preço atual não vale a pena comprar de vocês.
Segundo, sem o cenário competitivo não tem chance nenhuma do jogo crescer. O jogo é totalmente voltado para o competitivo. Portanto, a prioridade de vocês, juntamente com trazer os produtos em preço e tempo hábil (mais barato que a possibilidade de importação, e no MÁXIMO 1-2 meses após o lançamento nos EUA), é trazer, também em tempo hábil os kits de torneio e principalmente ORGANIZAR junto à comunidade esses eventos, coisa que o TJO de vocês se mostrou incompetênte em realizar.
Quanto às críticas feitas pela galapagos à comunidade, não de iludam, não amamos a empresa, muito pelo contrário! Mas, amamos o jogo X-wing, e sabemos que nós e a GJ estamos em uma relação de INTERDEPENDENCIA quanto ao jogo.
A comunidade, o mercado e os consumidores estão ai GJ. Você que não está sabendo acessá-los, e não é com FAQ que isso será feito. Terão de ir muito além. Muito.

Logo 02badge 01colorido rgb2
16 de Março de 2019, 14:48

Sem dúvida, Sérgio. Existe muito trabalho a ser feito e essa iniciativa é um primeiro passo para as novas ações que faremos junto ao TJO.


Galapagos default user image
15 de Março de 2019, 16:45

Eu não entendi nada... Num tópico dizem que não vão abandonar, no outro, dizem que não tem demanda, no outro vão continuar vendendo, mas quem compra vai pagar mais caro, por um produto que vai demorar mais pra vir, do que se comprar direto nos EUA... e ambos em inglês.... Senhores... Eu só entendi uma coisa... Desligaram a eletricidade dos aparelhos que mantinham o jogo ainda respirando... Lamentável...

Logo 02badge 01colorido rgb2
15 de Março de 2019, 19:04

Oi Vilson, tudo bem? Sua dúvida não ficou tão clara para podermos te passar uma resposta mais direta. Mas acreditamos que vale uma leitura com calma em cada tópico novamente para que você possa absorver toda a informação. Tentamos detalhar o máximo possível cada questão que reunimos para esse FAQ. Se ainda assim algo não ficar claro, fique à vontade para nos enviar suas perguntas que iremos tentar responder o quanto antes e da melhor forma possível. Para tentar trazer uma luz aos pontos que você levantou, basicamente a demanda de X-Wing no Brasil ao longo do tempo (isso não é uma informação de agora, mas do passado), não atendeu aos mínimos exigidos para as produções traduzidas. Alguns lêem essa frase como "é culpa do cliente, que não comprou", mas não é assim tão simplório. Não estamos apontando dedos, estamos abrindo um diálogo com informações que normalmente nenhum fabricante ou distribuidor abriria. As exigências de produção são altas e a conta começou a não fechar. Por isso, passamos para o formato da Galápagos On Demand: para dar acesso à comunidade aos itens de jogo, com a limitação de ser em inglês. Veja, nossa margem no Galápagos On Demand é muito menor do que produzindo os itens em português, mas o risco também é menor já que não precisamos encomendar uma produção mínima grande para viabilizar o produto. É claro que, a partir do momento em que existe uma resposta positiva da comunidade nessa iniciativa, a maré vira e começa a se tornar muito mais viável trazer de volta as versões traduzidas e mais baratas. É por isso que, quando levantamos o ponto de que a resposta positiva da comunidade é um fator importante, é porque realmente é. Nenhuma empresa vai investir em um produto ou linha de produtos se seus clientes não apoiarem ou participarem com críticas construtivas para que melhorem.

Galapagos default user image
15 de Março de 2019, 20:22

Não é duvida... é uma lamentação... por tanto tempo em algo tão divertido e legal, que me uniu a pessoas muito legais, a jogar juntos, pais e filhos... um jogo realmente muito bom ser abandonado desta forma...
E pior... com a desculpa infundada de que a "comunidade precisa dar uma resposta positiva" pra dar certo...
Que resposta vcs querem??
Que compremos e paguemos antes, pra receber meses depois???
E se o produto vier com algum defeito, como bem sabemos que pode acontecer?
Se não tem estoque, sem garantia??
Enfim... tem que melhorar o papo ai...

Logo 02badge 01colorido rgb2
16 de Março de 2019, 14:50

Com certeza, Vilson. Temos muito trabalho pela frente e essa iniciativa é um primeiro passo.


Galapagos default user image
15 de Março de 2019, 16:51

E em relação a Comunidade (não esqueça que a comunidade é o cliente, que paga, investe e sustenta qualquer negócio), parece que vocês estão igual ao marido que chega em casa e pega a mulher no sofá com outro... e ai pra resolver isso tudo, bota fogo no sofá achando que esse era o problema.

Logo 02badge 01colorido rgb2
15 de Março de 2019, 19:08

A comunidade é muito mais que o cliente, Vilson. Não é só quem compra, mas quem ajuda a estimular a entrada de novos jogadores, quem participa para alimentar a expansão do jogo no país. Mas a empresa também investe e sustenta suas iniciativas. A empresa precisa justificar aos seus sócios e/ou acionistas porque está investindo nesse ou naquele produto. Em uma visão fria, se algo não corresponde ao que precisa, é cortado. Não queremos ter essa visão, queremos fomentar todos os tipos e modalidades de entretenimento, que cada pessoa tenha um jogo que ama e possa compartilhar com os seus. Mas tanto os clientes quanto a comunidade não podem se iludir acreditando que é responsabilidade única e exclusivamente da empresa levantar um jogo ou uma cena. É de interesse de todos os clientes, jogadores e entusiastas de X-Wing que o jogo evolua no Brasil. Isso dificilmente irá acontecer se não trabalharmos em conjunto.

Galapagos default user image
15 de Março de 2019, 20:17

"A empresa precisa justificar aos seus sócios e/ou acionistas porque está investindo nesse ou naquele produto." - Perfeito.
Eu quero comprar o jogo x-wing 2.0 desde setembro. Como faz?
Me desculpe, sabemos que acidentes podem acontecer... Mas REALMENTE e SINCERAMENTE o problema é só o container que caiu no mar???
O Sócio/Acionista/BigBoss realmente acha que se o cliente compra na loja do outro pais, pq eles tem o produto e na dele não tem, que a culpa é do cliente...ops, comunidade??
"se algo não corresponde ao que precisa, é cortado" - Não tem o produto, e a venda não corresponde pq não compramos??
Com essa sua colocação, eu assumo que de fato, a Galapagos está cortando essa linha de produtos, apenas utilizando este canal, como uma desculpa midiática... do tipo... "pois é, nós tentamos, mas vcs não nos apoiaram".

Logo 02badge 01colorido rgb2
16 de Março de 2019, 14:53

De forma alguma, Vilson. Se a decisão fosse nesse momento cortar o produto, seria muito menos trabalhoso emitir um comunidade afirmando isso, sem canal para diálogo e voltado nossos esforços para outras atividades. Com isso, você pode assumir que estamos empregando novos esforços para acertar problemas do passado e olhar para frente. O restante é apenas especulação e não traz nenhum benefício à conversa com o público. Estamos trabalhando nisso, caso contrário, como já lhe exemplifiquei, não estaríamos aqui.


Galapagos default user image
15 de Março de 2019, 17:01

Apenas mais um ponto. Em relação ao tópico 4: "Esse container continha alguns produtos muito esperados pelos nossos clientes, como Fallout, parte da Wave 2 de X-Wing e outros."
A organização de vocês é tão ruim que vocês não sabem nem o que tinha no container que supostamente caiu no mar.
Wave 2 de Xwing foi lançada por vocês aqui no Brasil, com preços abusivos diga-se de passagem. O que supostamente caiu no mar, segundo informações anteriores de vocês mesmos, foi o conteúdo da Wave 1 e Core Set 2,0.
Mais um vez deixo aqui meus parabéns à incompetência da empresa, e deixo também minhas dúvidas quanto a veracidade do tal container.

Galapagos default user image
15 de Março de 2019, 17:23

Nossa.. nem tinha me dado conta disso... rs... são uns figuras...

Logo 02badge 01colorido rgb2
15 de Março de 2019, 19:25

Oi Sérgio! Na verdade aqui realmente tivemos um erro no texto e muito obrigado por apontar isso, apesar de fazer isso de maneira nem um pouco respeitosa. Iremos corrigir agora mesmo para não confundir outros clientes que acessarem a página, mas queremos deixar registrado aqui nos comentários que houve esse erro. É esse tipo de transparência que estamos propondo aqui. O que nos assustou na verdade foi seu julgamento de nossa competência seguido de acusações de abuso e mentira apenas por conta de um erro no texto, mas faz parte. Estamos aqui para dar a cara a tapa, caso contrário nem teríamos aberto esse canal.

Galapagos default user image
15 de Março de 2019, 20:18

a galera tá pistola Atendimento Galápagos Jogos (vulgo pessoa sem nome que foi incumbido de segurar esse rojão pesado)... trata de botar um capacete daqueles de futebol americano caso realmente esteja querendo dar a cara a tapa rsrsrs.

A propósito, o Pedrinha nem foi tão desrespeitoso assim, menos tá ;-)

Galapagos default user image
15 de Março de 2019, 20:32

Perdão, mas falho em ver onde fui desrespeitoso. Eu simplesmente constatar que a empresa foi incompetênte em relação ao x-wing, que o jogo em que estou no meio, e desorganizada não fugira desrespeito nenhum.
Quanto ao suposto container, não há acusão nenhuma, principalmente de abuso. Acho, pessoalmente, que o suposto container de atlantis é conversa pra boi dormir, mas não estou acusando vocês de nada. Podem ficar tranquilos. Inclusive, o fato de ser ou não mentira não muda em nada onde importa, que é estarmos sem Core Set, e portanto sem jogo no Brasil. E isso, é apenas mais um caso dentre vários de atraso no lançamento do produto.
Espero sinceramente que isso mude daqui pra frente, e que eu possa mudar minha visão sobre a competência da empresa. Se isso ocorrer é melhor para todos.

Logo 02badge 01colorido rgb2
16 de Março de 2019, 15:02

Oi Sérgio e Charles! Na verdade quando respondemos a crítica do Sérgio, agradecemos a constatação do erro, "apesar de fazer isso de maneira nem um pouco respeitosa". Quando você declara incompetência de uma parte e afirma que ela inclusive está mentindo sobre um fato ocorrido, divulgado em imprensa e documentado, nos parece correto afirmar que foi colocado de uma forma não respeitosa. É apenas uma constatação, não uma crítica ou um ataque. Mas quanto a isso fiquem tranquilos, não precisamos nos alongar nessa questão. O mais importante é a dúvida com relação ao Core Set 2.0. Como comunicado na época, encomendamos uma nova leva, que está para chegar e ser disponibilizada para venda. Só abrimos a venda da Wave 2 antes porque ela já estava aqui. Caso o container não tivesse sofrido o acidente o lançamento teria sido feito com a sequência correta: Core Set 2.0 primeiro e depois Wave 2 (ou até juntos).

Galapagos default user image
17 de Março de 2019, 14:00

Se a constatação e reclamação por parte de um cliente de que a empresa é incompetente esta sendo considerada pela mesma como falta de respeito chego a conclusão que a empresa está muito "SENSÍVEL".
Quanto a nova leva do core set, não se preocupem colegas jogadores, LOGO LOGO estará aqui! Logo logo, daqui uns 6 meses.

Logo 02badge 01colorido rgb2
17 de Março de 2019, 19:34

Sensibilidade é justamente o que tem faltado à discussão e é o que temos tentado demonstrar aqui, abrindo o canal para conversar, mesmo que em alguns casos seja um pouco mais difícil o diálogo. Mas seguimos nas ações.


Galapagos default user image
15 de Março de 2019, 19:03

Vejo um conflito de posições. No comunicado oficial, uma ameça jurídica aos membros proeminentes da comunidade que se exacerbaram, mas que sempre forma os mais dedicados em desenvolver o jogo, no FAQ uma mensagem sombria de anúncio do fim, o on demand, como com certeza foi calculado por vocês, tem custos, prazos e condições desfavoráveis a importação direta pelo consumidor final, isso com certeza irá diminuir os números ainda mais, o que o FAQ indica que causará o fim do jogo. Nos comentários, vemos uma pessoa passiva agressiva que parece querer que o jogo e a comunidade continuem, que utiliza muita resposta pronta e que se altera quando é cutucada com mais força, ou seja, temos a mesma empresa se mostrando 1- no ataque contra membros da comunidade 2 - desistente quanto ao jogo e pedindo desculpas por erros em sua relação com a comunidade 3 - passivo agressiva em relação a comunidade.
pergunto então a Galapagos Jogos, Como nos como comunidade podemos garantir o competitivo no Brasil sem sermos financeiramente prejudicados?

Logo 02badge 01colorido rgb2
15 de Março de 2019, 20:08

Oi Tairã! Não há conflito entre os comunicados. É muito importante separar o que é uma crítica construtiva de agressões a funcionários, calúnias e outros tipos de atitudes que vem se prolongando por meses na comunidade. Tentamos relevar isso ao longo do tempo, mas percebemos que essas atitudes além de tóxicas, não visavam nenhuma melhoria a comunidade, apenas criavam especulações sem fundamento e prejudicavam a cena. Isso precisa ficar muito claro a todos, não podemos ter uma abordagem leviana quanto a isso. De forma alguma queremos um criar um conflito desnecessário com a comunidade e seria ótimo se todos pudéssemos usar essa abertura de diálogo para consertar os erros do passado e olhar para o futuro. Se isso não for a vontade da comunidade, se for preferível seguir com críticas destrutivas que não beneficiam em nada a cena, será complicado empregarmos novos esforços, fazer investimentos. Bom, mas voltando à sua mensagem, verificamos que você levanta alguns pontos que trariam prejuízo ao lojista. Entendemos seu ponto e você como conhecedor da realidade do lojista realmente como são afetados por toda essa questão. Não queremos isso, queremos reestruturar esse contexto do produto e ampliar as opções e valores para que toda a cadeia envolvida na questão seja beneficiada. Mas isso não irá acontecer a menos que todos apoiem de alguma forma iniciativas positivas e a Galápagos Jogos tenha uma participação mais ativa junto a comunidade. É o que estamos fazendo com essa iniciativa. O que esperamos é apenas a participação de pessoas interessadas nessa reconstrução, não no conflito.

Galapagos default user image
15 de Março de 2019, 20:32

"Se isso não for a vontade da comunidade, se for preferível seguir com críticas destrutivas que não beneficiam em nada a cena, será complicado empregarmos novos esforços, fazer investimentos. "
De novo... afirmação de que "não tem jogo pra vender" pq nós somos uns brigões...
"Vcs, comunidade, são moleques malvados, por isso vamos parar de brincar com vcs. Tchau" - Foi isso que entendi.
Só piora...

Logo 02badge 01colorido rgb2
16 de Março de 2019, 15:08

Oi Vilson, o que você afirma ter entendido não foi o que declaramos. É muito importante não cair na tentação de simplificar demais os argumentos em uma conversa que merece atenção a todos os detalhes. Estamos avaliando cada crítica recebida com respeito e paciência. Os problemas com o X-Wing não se resumem à comunidade e isso é exaltado em muitos pontos desse FAQ, quando falamos em fornecimento, preço, questões relacionadas à tradução, etc. Agora, se além de tudo isso e das questões que precisamos melhorar, tivermos uma relação de disputa com a comunidade, que benefício isso trará ao jogo? Temos muito trabalho a fazer e a relação com a comunidade é um deles.


Galapagos default user image
Herbert disse:
15 de Março de 2019, 19:15

Eu tenho uma duvida completamente honesta e sei que ficará sem resposta ja que voces nao podem se comprometer com absolutamente nada.


O que a Galapagos jogos gostaria que a comunidade fizesse?

A resposta a essa pergunta deveria ajudar no caminho a ser trilhado para o xwing mas a Galapagos Jogos nao responde ha um ano... ou mais talvez.

Em 2015 organizamos sozinhos os nossos campeonatos. Desenvolvemos o cenario e conseguimos que novos jogadores comprassem seus produtos.
Em 2016 e 2017 tivemos uma Galapagos ativa e ajudando a comunidade a fazer esse trabalho de consumo e de atrair novoa consumidores.
Em 2018 essa comunicaçao acabou. E honestamente, nao foi por parte dos jogadores que cansaram de enviar e reenviar mensagens para o funcionario Billy Anderson que nao respondia ou respondia com mensagens padrões que nao tinham qualquer tipo de resposta concreta (mesmo para perguntas objetivas como por exemplo “os kits ja foram enviados?”).

Se soubessemos o que a Galapagos jogos realmente quer da comunidade, poderiamos saber se seria possivel seguir em frente ou nao.
Pra mim, a Galapagos ja tomou suas decisoes e agora apenas nos faz de palhaços (mais uma vez) sem ser objetiva ou responder de forma concreta algo que como consumidores (ha anos) tinhamos o direito de saber.



Logo 02badge 01colorido rgb2
15 de Março de 2019, 20:29

Oi Herbert! De forma alguma iremos deixar perguntas sem resposta. Em alguns pontos realmente não poderemos nos comprometer, mas na grande maioria das vezes é por não ter informações ou confirmações suficientes para uma resposta completa. Não faz sentido trazermos pedaços de informação à comunidade, isso só gera mais especulação e dúvidas. Ficar nessa indefinição é o que causa boa parte das falhas de comunicação. O que a Galápagos Jogos gostaria que a comunidade fizesse é muito simples: que direcionasse os esforços que hoje estão concentrados em remoer os erros do passado (como você fez agora nessa mensagem) para trabalharmos em conjunto para evoluir e ampliar a cena, para construir o futuro para quem se importa com o jogo. Não é sobre quem está certo, é sobre o que cada um quer com o jogo. Não faz sentido para uma empresa investir em trazer um catálogo complexo se a cada nova iniciativa sofre represálias. Quem perde com isso é o próprio jogador, a cena. Alguns vão conseguir importar diretamente, fazer com que algum amigo traga depois de uma viagem. Mas e os novos jogadores? E o restante da comunidade, como fica? Listamos algumas informações nas mensagens desse FAQ que deixam claro alguns fatos importantes: nesse momento não teremos mais lançamentos em português ou traduções de materiais de X-Wing (com exceção do que já está a caminho e será lançado nas próximas oportunidades). Continuaremos a trazer a linha X-Wing agora pelo On Demand, enquanto avaliamos o quanto devemos realmente investir na cena de forma positiva. Estamos abrindo esse canal com a melhor das intenções, para ampliar o diálogo e poder evoluir juntos, como estamos fazendo questão de repetir incansavelmente. Seria muito mais fácil encerrar a distribuição do jogo e ignorar as mensagens da comunidade. Não queremos o mais fácil, queremos o correto e acima de tudo, queremos corrigir erros e evoluir, sempre.

Galapagos default user image
15 de Março de 2019, 20:34

"O que a Galapagos jogos gostaria que a comunidade fizesse? "
Pronto. Acabou com o papo todo!
Perfeito.
Sai dessa Senhor Atendimento Galapagos Jogos!!!

Galapagos default user image
15 de Março de 2019, 20:49

"Seria muito mais fácil encerrar a distribuição do jogo..."
Não, sr. Atendimento Galapagos Jogos, não seria, por que caso isso seja feito vocês estariam abrindo mão do jogo mais rentável da ffg e portanto da possibilidade de lucro.
E ao contrário do que a empresa parece acreditar, todos os jogadores querem que ela lucre muito, desde que isso fomente o hobby ao mesmo tempo.
Porém, sem produto na prateleira em tempo hábil, com relação ao lançamento no exterior, e sem cenário competitivo, não existe chance alguma de isso acontecer.
Como vocês disseram acima, não foi pedido nenhum kit de torneio até o momento. O prazo já acabou, e agora? Ta na hora de vocês começarem a agir para mudar nossa opinião, e não nós mudarmos para que você ache a comunidade bonitinha.
Sugiro começar entrando em contato com a ffg para trazer para ontem o core e os kits ds torneio.

Galapagos default user image
15 de Março de 2019, 21:55

"O que a Galápagos Jogos gostaria que a comunidade fizesse é muito simples: que direcionasse os esforços que hoje estão concentrados em remoer os erros do passado (como você fez agora nessa mensagem) para trabalharmos em conjunto para evoluir e ampliar a cena, para construir o futuro para quem se importa com o jogo."

Vamos esclarecer uma coisa aqui: é exatamente isso que cada um está fazendo, a seu modo. Só que sabe qual é o consenso nesse momento? Que o maior probelma do X-Wing no Brasil é a Galaápagos. Ora veja só, baseado nisso estão todos direcionando seus esforços para eliminar esse problema.
É muito fácil vir aqui e pedir para não "remoer os erros do passado" mas isso resolve o que? Vamos todos dar as mãos nos perdoar, trocar abraços e o jogo vai aparecer magicamente nas prateleiras? Todas as pessoas que estão tentando conversar com vocês do atendimento aqui nesse post seguem a mesma linha: a gente só precisa que vocês entendam que o processo passado não era bom, mas o processo atual é pior ainda. Vocês precisam entender que se não tem venda não é porque lá fora é mais barato, ou poruqe chega antes, ou porque ninguém confia mais na Galápagos pela falta de transparencia nas informações. é uma SOMA de todos estes fatores.
Se vocês trouxessem o produto duas semanas depois do lançamento cobrando o preço atual, vocês venderiam. Se vocês troxuessem o produto com 2 meses de atraso cobrando o que cobravam no passado (basicamente 50% do preço atual) vocês venderiam (sem pre venderam). Se vocês só pudessem se comprometer com um prazo razoável e cumprissem esse prazo, vocês venderiam.

Enquanto a opinião de vocês for a de que não tem demanda suficiente pro produto e esse ond emand é uma solução razoável, vocês não vão vender. E daqui uns meses vocês vão olhar um número cru que não traz a informação com ele e vão decidir que não precisa mais abrir on-demand.

Galapagos default user image
15 de Março de 2019, 21:59

Jogos onde existe organização de eventos e comunidade NÃO podem ser tratados como um boardgame onde você importa bota na prateleira e deixa lá até vender nem que seja na promoção de queima de estoque.

Jogos com cenário competitivo tem TIMING de venda. Meses depois do lançamento quem queria comprar já comprou, quem não comprou não faz questão. E vocês precisam ORGANIZAR OS JOGOS COMPETITIVOS. Ora, teoricamente tme um setor só pra isso, e vocês dizem no FAQ que vão AVALIAR se vão fazer os eventos? Então qual o sentido de ter um setor dedicado a isso? Ou ele não é dedicado à isso?

O problema é que sempre vamos parar no mesmo ponto: vocês estão com um discurso que precisam da comunidade pra fazer a coisa acontecer, mas vocês SEMPRE tiveram a comunidade trabalhando por vocês e nunca deu certo. Acho que talvez falte a vocês demonstrar resultado. Agora é a vez de vcoês mostrarem que tem interesse em fazer, ao invés de continuar com esse discurso de "se vocês não ajudarem, a gente não pode fazer nada".

Logo 02badge 01colorido rgb2
16 de Março de 2019, 15:24

Sérgio e Bruno, trabalhar os pontos problemáticos e buscar novas soluções para o que não deu certo no passado é exatamente o que estamos fazendo nesse momento. Mas preciso adiantar a vocês que isso não terá resultados do dia para a noite. Semana que vem não haverão mudanças significativas no que estamos falando aqui e isso não significa que estamos parados. A expansão do trabalho do TJO é um projeto de médio/longo prazo, precisa de base, de planejamento e aí sim, de execução. Ouvimos muitas boas críticas aqui e ao longo dos últimos meses que nos ajudaram a formatar algumas prioridades. Ao mesmo tempo, tivemos que ter um esforço imenso para conseguir filtrar isso em meio a tanta especulação, ataques e outras iniciativas que não beneficiavam a cena, apenas traziam negatividade e dúvida para o contexto. Entendemos que a comunidade precisa e merece respostas mais claras, comunicação mais constante e soluções imediatas. Estamos trabalhando em tudo isso, mas não teremos soluções mágicas do dia para a noite. Isso com certeza irá frustar alguns jogadores e clientes que estiverem focados em soluções imediatas, mas infelizmente é o que precisaremos fazer para que tenhamos benefícios futuros e contínuos a todos. Sabemos que alguns jogadores antigos podem se voltar para o passado e dizer "então por quê não fizeram isso ano passado? Retrasado?" mas não deveriam. Não porque não possam, mas porque isso não resolve o que precisa ser resolvido. Não poderemos acertar as coisas que passaram, estamos olhando para frente agora.

Galapagos default user image
16 de Março de 2019, 22:09

Vocês estão equivocados em um ponto crucial. A lógica da argumentação de vocês se baseia em aceitar que houveram problemas mas avisar que não são fáceis de resolver nem serão resolvidos da noite para o dia. Mas ao mesmo tempo vocês pedem que a opinião que foi criada em torno da marca Galapagos seja alterada, num grande momento de "agora vai, confia na gente". Ninguém mais tem obrigação de crer que vocês vão melhorar no futuro só porque vocês estão dizendo que vão. Eu acharia super honesto dar um voto de confiança se fosse a primeira vez que a GJ pede esse tipo de coisa da comunidade. Mas na terceira, quarta, quinta, sei lá qual vez?

As coisas realmente não vão mudar de uma hora para a outra. Eu não espero que elas mudem de uma hora para
aoutra. Se elas não mudaram em 3 anos que eu jogo X-Wing, como esperar que mudem em uma semana? Mas o importante é que da mesma forma que vocês nos dizem que não dá para esperar mudanças rápidas na gestão destes problemas graves, vocês também não podem esperar quaisquer mudanças rápidas na forma como a comunidade enxerga vocês: uma empresa extremamente incompetente. E eu não falo isso para agredir ou ofender ninguém. Eu apenas não estou medindo palavras para expressar da forma mais honesta, a opinião que a grande maioria da comunidade tem sobre a marca (baseado nas experiências que passamos, que segundo já concordamos, não podemos mudar).

Se não dá para mudar o passado, esperemos até que vocês terminem de PLANEJAR o futuro e de fato executem alguma mudança, para ai sim podermos reavaliar a forma como enxergamos vocês.

Não acho que posso contribuir em mais nada nesse canal, pois as respostas e conversas estão se repetindo.
Boa sorte aos envolvidos, torço sinceramente como sempre fiz para que algo produtivo saia desse papo todo, mesmo pessoalmente não acreditando mais nele.

Logo 02badge 01colorido rgb2
17 de Março de 2019, 13:27

Oi Bruno! Não estamos pedindo um voto de confiança. Estamos apenas pedindo que a atuação da comunidade deixe de lado a parte mais tóxica, que fica remoendo os erros do passado e atacando funcionários para focar na cena. Não temos pretensão alguma de pedir a confiança de jogadores e clientes que estão insatisfeitos com nosso trabalho ao longo do tempo, sabemos que esse tipo de confiança precisa ser conquistado e é o que nos propomos a fazer (isso olhando não para X-Wing, mas para todo o cenário competitivo). Esse canal é um primeiro passo, é nossa tentativa de esclarecer alguns pontos e colher de pessoas dispostas como você, opiniões e ideias sobre tudo o que envolve os acontecimentos de X-Wing. Por isso, agradecemos de verdade ao tempo que dedicou até agora aqui, isso realmente é valioso e demonstra que existem pessoas mais preocupadas com a cena do que com a disputa.


Galapagos default user image
15 de Março de 2019, 19:43

Entendo o prejuízo, ou melhor, a perda de perspectiva e janela de negócio quando o contêiner caiu no mar, mas sinceramente as falhas cometidas, principalmente em relação à perda de prazos e falta de cuidado com o circuito competitivo, tem sido acumulativas e desastrosas.
Fica difícil um jogador não imaginar um certo desleixo, falta de cuidado, quer dizer, não temos material para torneio oficial, janela perdida, não temos condições de comprar o material sem importar, e não temos perspectivas de quando haverá estoque no Brasil para tanto podermos ao menos participar de campeonatos, quanto para tentar fomentar a comunidade atraindo novos jogadores, e aí esse investimento possível no jogo só acontecerá de acordo com o sucesso do On Demand? É praticamente pedir para dar errado, muito melhor seria negociar um estoque de contingência para chegar até o meio do ano, eu até esperaria, não mais.
A sensação é de perda total, só tenho a lamentar, eu pessoalmente não entendo como esse On Demand vai dar certo, no final das contas não vejo vantagem absolutamente nenhuma para o consumidor, seria muito mais honesto terem descontinuado logo o jogo, o que provavelmente ocorrerá, mas pode haver uma multa que lhes impeça dessa atitude, paciência, de novo, só lamento todos esses tropeços de vocês.

Logo 02badge 01colorido rgb2
15 de Março de 2019, 20:46

Oi Moisés! Primeiramente precisamos te tranquilizar quanto às questões técnicas que você levantou. Descontinuar o jogo Brasil não teria consequências como uma multa. Isso seria apenas uma decisão estratégica, do tipo "por quê investir em uma linha de produtos se ela não atende comercialmente à performance mínima desejada?". Isso não é uma questão do X-Wing, qualquer produto pode sofrer em uma situação assim. O que estamos fazendo aqui é justamente o contrário, abrindo um canal de comunicação que não existe para nenhum outro produto de nosso catálogo, propondo iniciativas para viabilizar a continuidade do produto (ainda que com algumas limitações) e buscando novas formas e ideias da comunidade (daí incitarmos o trabalho em conjunto) para crescermos juntos nessa iniciativa. O Galápagos On Demand não está deixando nenhum produto mais caro. Como você poderá ver com mais detalhe no item 11 desse FAQ, existem razões que tornaram o produto X-Wing 2.0 mais caro que o 1.0. Isso não é exclusivo do Brasil, não é escolha da Galápagos Jogos: esse produto ficou mais caro no preço de tabela dele. O que ficou prejudicado no On Demand na verdade é a própria margem de lucro da Galápagos Jogos. Claro, existe um benefício direto que é não precisarmos mais investir em estoques mínimos para trazer o jogo (como acontecia com as versões traduzidas), mas isso nunca justificaria continuar a trabalhar com o X-Wing. Estamos fazendo isso para mantermos o fornecimento ativo e trabalhar o mercado para, se tivermos uma resposta positiva, investir novamente no formato completo (dessa vez trabalhando os erros que aconteceram no passado). Queremos olhar para frente, com a ajuda de todos. Se não houver disposição, os grandes prejudicados infelizmente serão os jogadores, que terão acesso limitado a um jogo sensacional.

Galapagos default user image
15 de Março de 2019, 21:51

GJ, por trechos da resposta percebo que vocês realmente não aprenderam com os erros. "...abrindo um canal de comunicação que não existe para nenhum outro produto do nosso catalogo"
Parabéns, essa política deu muito certo com o x-wing, excelente ideia de repeti-la em outrosjogos competitivos. A galera do Destiny por exemplo deve estar super feliz!
São coisas deste tipo que fizeram a situação chegar aonde estar. E é nisso, além de lançamentos e kit de torneios, que vocês precisam trabalhar com urgência se querem se beneficiar de ter os direitos do jogo mais rentável da ffg.

Logo 02badge 01colorido rgb2
16 de Março de 2019, 15:25

Sérgio, como reforçamos em algumas mensagens aqui, isso é um início, uma nova fase para o TJO. Soluções imediatas não serão possíveis, mas estamos trabalhando para que cheguem a todas as atuais e futuras comunidades.


Galapagos default user image
15 de Março de 2019, 19:48

Olá,
Gostaria de mostrar a todos a visão de alguém que decidiu começar a jogar X-wing a aproximadamente 1 mês, e de cara descobri que tudo que eu comprei não serviria pra mais nada por causa do surgimento da Segunda Edição.
Numa situação normal qualquer um teria desistido do jogo de cara (e acredito que muitos podem ter feito).
Mas ao ver que a Galapagos teve o problema do contêiner mas que estava trabalhando para ainda assim trazer o material, foi tranquilizador.
E a comunidade da minha cidade contribuiu para que eu pudesse começar a jogar apesar desses problemas com a Galapagos.
Assim a minha impressão foi de que ambos estão buscando a mesma coisa "o sucesso do jogo no brasil"

Mas ao ver os comentários e respostas me pareceu que houveram erros dos dois lados, e se a comunidade e a galapagos não encontrarem uma maneira de cooperar os dois vão perder.

Agora minha pergunta: Exiate previsão para o lançamento do Core Set da 2.0 no Brasil?

Kitfisto swquadrado
15 de Março de 2019, 20:01

Bruno não existem "dois lados" neste caso. Não é uma relação simétrica. A empresa que se diz profissional é a GJ. Ponto.

Logo 02badge 01colorido rgb2
16 de Março de 2019, 15:51

Oi Bruno! É muito bom poder receber a visão de um jogador novo, com impressões mais frescas e recentes sobre o jogo e o contexto. Com certeza sua crítica é muito bem-vinda para adicionarmos à nossa conversa. Dito isso, precisamos esclarecer algumas coisas: o que você comprou não é inútil. Para a segunda edição temos kits de conversão (que inclusive já estão a venda) que adaptam as naves antigas para uso normal com itens da segunda edição. Isso é bem importante porque não faria sentido simplesmente abandonar todos os clientes da primeira edição. Então não se preocupe quanto a isso. Claro, infelizmente é um custo a mais, mas é uma decisão feita direto no desenvolvimento do jogo, nem passa por nós aqui na Galápagos Jogos. Quanto a sua análise do contexto, é isso mesmo, não adianta estimularmos uma disputa entre as partes envolvidas no jogo. Todos queremos que o X-Wing e outros jogos da franquia Star Wars tenham cada vez mais espaço aqui no Brasil. Respondendo à sua dúvida: o Core Set 2.0 está para chegar (já é a reposição que pedimos quando o container caiu, caso contrário já estaria disponível).

Galapagos default user image
17 de Março de 2019, 00:05

Obrigado pela resposta, e vou aguardar ansioso a chagada do core set da 2.0 em português, pois ao contrário do que muita gente pensa o inglês ainda é uma barreira pra muita no Brasil.

E torço para que vocês consigam parcerias para trazer mais materiais traduzidos, para podermos popularizar o jogo.

E deixo só mais uma sugestão: Foco na comunicação, dar informações sobre o que esta acontecendo e o que esta por vir, mesmo que não se tenha datas definidas ou certezas, gera uma expectativa positiva e confiança no trabalho de vocês (e essa linha direta acredito ser o caminho certo).

Que a Força esteja com vocês.

Logo 02badge 01colorido rgb2
17 de Março de 2019, 13:29

Com certeza, Bruno! Infelizmente a situação com a comunidade chegou a um nível muito negativo e temos nossa parcela de culpa nisso sim. Só não iremos compartilhar informações incompletas porque no atual estado isso só tem gerado mais discussões improdutivas e foi um dos erros do passado. Muita coisa precisa melhorar para podemos ter também nossa parcela de responsabilidade na ampliação do jogo no Brasil. É o que estamos avaliando agora, mas infelizmente sem novas definições além do que já foi publicado aqui.

17952808 1498583506849557 8140844360460954141 n
21 de Março de 2019, 09:49

@Atendimento Galápagos Jogos, por favor, eu não observei na página do "Em Breve" o status do jogo base (Core Set 2.0). Vc poderia nos dizer em que momento está este processo de "está para chegar"?


Galapagos default user image
15 de Março de 2019, 20:33

"O que a Galapagos jogos gostaria que a comunidade fizesse? "
Melhor pergunta dessa Pagina toda!!!
Quero ver a resposta agora!!!
Xablau!!

Logo 02badge 01colorido rgb2
16 de Março de 2019, 15:29

Respondemos esse questionamento ali sim, Vilson. Esperamos que tenha ficado claro ali na mensagem onde foi feita. Caso não tenha ficado, estamos à disposição. Não precisa torcer pela disputa, queremos que os jogos competitivos ocorram nas mesas e de forma saudável, não entre nós. A disputa entre empresa e clientes não traz benefícios a nenhuma das partes.


Galapagos default user image
15 de Março de 2019, 20:58

Resumindo o texto da Galapagos.... acabou o jogo.... esse foi o golpe final... uma tremenda falta de respeito a todos os jogadores e lojistas.

querem comprar??... importem... e não comprem pela Galapagos porque demora mais e sai mais caro... esse texto escrito é apenas uma bomba de fumaça para enganar quem ainda acha que eles vão fazer alguma coisa pelo jogo... em alguns meses eles vão descontinuar o produto e só não o fizeram devido a alguma clausula contratual.

Palavras bonitas para encher linguiça

Atenção jogadores de Legion e Destiny.... vocês serão os próximos.

Logo 02badge 01colorido rgb2
16 de Março de 2019, 15:58

Oi Bruno! Esse tipo de conclusão precipitada é exatamente o que só prolonga uma discussão superficial, que não traz benefício algum à nossa conversa para rever as questões problemáticas e ajudar na evolução da cena do jogo. Além disso, você foi além na questão e incita que outros clientes evitem comprar o jogo distribuído oficialmente no Brasil para encontrar outros meios. Entendemos que isso possa ser mais vantajoso a você, mas tenha certeza de que isso não beneficia a cena. Não serão todos os jogadores que terão esse acesso (principalmente novos) e não ter a distribuição oficial no Brasil ou o trabalho da Galápagos Jogos para estimular a cena, não traz benefícios a ela.

Galapagos default user image
20 de Março de 2019, 15:14

Hahaahhahaha, é sério que vocês se deram ao trabalho de me responder.... querido digitador da Galápagos pago para escrever coisas finas e educadas... não precisa me responder... é para me dar alguma lição de moral?? até poderia dar, mas não cola... basta ver e ler o motivo das milhares de mensagens que estão recebendo por conta de sua postura e trabalho perante seus consumidores para entender que quem está precisando rever "conclusões precipitadas" e atitudes "superficiais" são vocês.

Atendimento Galápagos Jogos disse: "Esse tipo de conclusão precipitada é exatamente o que só prolonga uma discussão superficial"... Sinceramente... Nada me pareceu mais superficial e evasivo que todo esse texto que vocês escreveram nesses tópicos da linha direta mais ainda no tratamento que vocês deram ao jogo durante todo esse tempo.... a única coisa que vi foi a Galápagos enchendo a mesa de tokens de Esquiva.

Atendimento Galápagos Jogos disse: "Além disso, você foi além na questão e incita que outros clientes evitem comprar o jogo distribuído oficialmente no Brasil para encontrar outros meios.".... nossa... Incito... que termo jurídico mais apropriado... Sinto informar que você mesmo acabou com sua distribuição no pais restringindo a compra do material a seu produto "on demand"... você realmente acha que vai estimular o ingresso de "novos jogadores para a cena" se eles não acham o produto na prateleira das lojas.... e é o meu pobre texto que vai incitar os jogadores a correrem para conseguir o material por outras vias?.... você acha realmente que o que vocês estão fazendo "beneficiam a cena"? é esse o "trabalho da Galápagos jogos que estimula a cena e traz benefícios a ela?"


Galapagos default user image
15 de Março de 2019, 21:11

AGJ o que precisamos são dos Kits de Torneio, nos USA já estão no Kit3 e aqui nada chegou. Essa situação do "item 8" de " permanecem em avaliação" não é aceitável. Se vão avaliar, façam isso com o máximo de brevidade. Grande parte da insatisfação da comunidade vem desse quesito. E jogador ocupado se preparando para torneio não tem tempo para ficar fazendo reclamação em rede social, fica a dica.

Quanto a produto, eu compro onde tem... se quiser meu rico dinheirinho bote produto na prateleira.

Quanto ao "On Demand", o serviço não me parece atrativo, talvez no futuro, com preços melhores e prazos mais curtos, eu faça uso dele

Logo 02badge 01colorido rgb2
16 de Março de 2019, 16:02

Com certeza, Charles! Preferimos que os jogadores estejam focando suas energias em atividades relacionadas ao jogo. O foco agora é em reestruturação e por isso entendemos que respostas a questões imediatas irão gerar insatisfação em alguns clientes, justamente aqueles que estão focados nos torneios. Mas teremos que trabalhar isso ponto a ponto, não será algo que poderemos dar uma solução simples ou imediata se quisermos realmente ter uma resolução perene.

Galapagos default user image
16 de Março de 2019, 16:23

AGJ, que bom que há esse entendimento quanto aos kit de torneio e acredito que senhores consigam resolver isso com brevidade, pois era algo que estava funcionando antes e de repente deixou de funcionar. Acredito também que o caminho seja identificar o que fez esse mecanismo, que estava funcionando, parar de funcionar, consertar e trocar as peças ruins.

A melhor notícia que a GJ poderia dar neste momento, para levantar a moral da comunidade, seria notícia sobre o começo da distribuição de kits de torneio para as Lojas que promovem torneios


Galapagos default user image
15 de Março de 2019, 21:12

Sabe o que é estranho disso tudo? Mandei um e-mail conforme indicado no post, e não tive resposta, mas aqui uma boa parcela foi respondida. Enfim... espero receber a resposta no novo canal de comunicação.
Outro ponto wave 3, aqui onde jogo, o pessoal é muito consciente, tanto que começamos a jogar 2.0 agora, já que temos consciência que é necessário comprarmos da loja que jogamos para que ainda exista espaços de jogos, algo muito valorizado lá fora pela FFG que são as FLGS, aqui a galápagos trouxe o ondemand que quebra o lojista. Pois bem falamos, vamos relevar o container e tocar daqui pra frente as coisas, afinal legion, ta chegando com uma janela pouco menos de 2 meses, e vale o sacrificio pelos espaços de jogos e até para estimular a Galapagos a continuar com organized play. Pois bem, houve a vitimização por parte da Galápagos, mas vamos prgar algumas pistas da falta de honestidade, la o ano passado quando o container caiu, percebemos que foi bacana o post, esclareceu que houve uma tragedia, mas que parecia ter um comprometimento da Galapagos em resolver com a pre-venda, informado por algubs vendedores da Galapagos, que começaria em janeiro e chegaria em março, começou em março, sem respeito algum ao lojista. Ok, a comunidade faltou com o respeito, nas redes pela falta de comunicação e o diálogo continuo, mas agora vem um post falando que a partir da wave 3 será ondemand, wave qual, sairá semana que vem mundialmente, ou seja, já era para o pedido estar pronto e saindo da china rumo ao Brasil, mas pelo visto não. Ou seja, a transparência não existe já que essa decisão não foi de ontem, a FFG, esta fazendo essa wave desde de o ano passado as traduções já deveriam estar prontas, e o produto a caminho. A transparência não é tomar apenas a pior decisão e comunicar, é abrir o diálogo e tentar encontrar uma solução.

Logo 02badge 01colorido rgb2
16 de Março de 2019, 16:22

Thierry, não há nada de estranho nisso. Fizemos o comunicado nessa sexta-feira à tarde, dedicamos um tempo considerável respondendo a todos aqui mais de uma vez, inclusive fim de semana adentro. É compreensível que um email não tivesse uma resposta imediata, em poucas horas. Ainda assim, conseguimos manter consideravelmente em dia todas as respostas aqui. Fique tranquilo que no início da semana que vem responderemos a todos os emails enviados. Quanto ao questionamento sobre On Demand e lojistas, estamos estudando formas de que isso beneficie também o lojista, não temos intenção alguma de tirar os lojistas do nosso trabalho. Nesse post estamos tratando apenas de assuntos relacionados ao X-Wing, por isso não faz sentido iniciarmos um diálogo sobre o Legion ou o Destiny como levantado em outra mensagem nessa página. Quanto a honestidade, estamos trabalhando em muitas frentes para buscar um alinhamento e velocidade cada vez mais assertivos com o que a comunidade precisa. Isso não vem da noite para o dia, então alguns pontos ainda serão delicados até que tudo esteja rodando de forma tranquila, beneficiando a todos. É importante que fique claro que atrasos em lançamentos também prejudicam a Galápagos Jogos, não é algo que quando acontece passe despercebido pela nossa equipe.

17952808 1498583506849557 8140844360460954141 n
21 de Março de 2019, 09:57

Nesta mesma linha do On Demand e Lojistas, um ponto que me desanimou no On Demand é o frete de Itajaí/SC para minha localidade (BH). Eu sei que existem pelo menos 3 lojas físicas que vendem produtos Galápagos Jogos aqui (BH) e pensei que talvez (sugestão) houvesse uma maneira de realizar a compra no On Demand e escolher retirar em algumas das lojas, para evitar o valor do frete.

{entenda que na ponta do lápis, cada custo a mais é desafiador para o cliente ter que escolher fomentar o cenário nacional e pagar mais caro, ou comprar de fora (com taxa e frete) pelo mesmo valor do On Demand sem frete}


Galapagos default user image
15 de Março de 2019, 21:17

"se algo não corresponde ao que precisa, é cortado"

Excelente, vamos cortar a Galápagos.

Já tem algum tempo que eu expressei minha opinião perante a comunidade local, "a Galápagos é a empresa mais burra que eu já vi" e hoje fez mostraram que, embora eu estivesse certo, vocês são muito, mas muito, mais burros do que eu considerava possível.

Ameaçar processar clientes? Nunca vi isso e eu trabalho com atendimento e relacionamento com clientes a mais de 20 anos.

A culpa é da comunidade? Com certeza, se a comunidade, assim como eu, tivesse parado de comprar o produto nacional a mais tempo talvez a ffg já tivesse tirado vocês do mercado. É um absurdo sem precedentes, vocês tem uma comunidade desesperada para comprar seus produtos, tem um potencial gigantesco e levam ANOS para acompanhar o mercado externo. No 1.0 tem coisas que NUNCA chegaram aqui, eu ainda quero comprar uma tantive e pagaria por isso, mas jamais comprarei algo de vocês novamente.

Pra mim não importa se vocês venderão ou não x-wing, comprarei fora mesmo se pagar mais, mesmo com a demora do correio e o buraco negro de Curitiba ainda é melhor que a demora absurda e a incompetência de vocês.

Torneios? Honestamente, vocês nunca fizeram nada, quem fez o sucesso dos eventos foram os jogadores, vocês no máximo atrapalharam pouco.

Logo 02badge 01colorido rgb2
16 de Março de 2019, 16:06

Oi Giulliano! Poderíamos esclarecer alguns pontos mais críticos da sua mensagem, mas estaríamos focando um tempo precioso em uma discussão que não está sugerindo nenhum ponto de melhoria ou evolução. Infelizmente não vamos conseguir acertar problemas do passado, precisamos olhar agora para o futuro e acertar o que não estiver adequado. Em nenhum momento culpamos a comunidade e isso está bem claro no FAQ, só precisa de uma lida com calma. Queremos ter a crítica construtiva de todos, melhor ainda se for feita de forma respeitosa.


Galapagos default user image
15 de Março de 2019, 21:20

Ainda vem falar dos sócios? Se eu fosse sócio dessa empresa demitiria imediatamente todos os pseudo gestores e pediria perdão aos clientes. Gastei milhares de reais com a Galápagos jogos mas finalmente aprendi a lição!

Adeus Lerdapagos, para mim ficarão na memória somente com fins cômicos e como exemplo de como não atuar no mercado!

Logo 02badge 01colorido rgb2
16 de Março de 2019, 16:10

Que pena que se sente assim, Giulliano. Nunca tivemos intenção alguma de te causar tamanha mágoa. Gostaríamos realmente de ajudá-lo nisso, mas fica complicado para a Galápagos Jogos atender à algumas das suas expectativas. Estamos trabalhando bastante para uma melhoria contínua e esperamos que daqui a algum tempo, com os resultados do trabalho que estamos fazendo agora, as mudanças te tragam benefícios.


Galapagos default user image
15 de Março de 2019, 22:54

Muda alguma coisa no Organized Play?
Sim. Identificamos algumas oportunidades para um novo modelo de apoio através do Jogo Organizado. Observamos que sem o processo de tradução do material promocional, nossa janela de importação fica mais adequada à janela de eventos globais. Com isso, estamos mudando nosso processo de aquisição deste material, com foco na agilidade e disponibilidade desses itens em território nacional.

Além disso, passaremos o foco do nosso apoio para eventos, em vez de promocionais. Em 2019, queremos ter mais eventos relevantes e de acesso para a jornada do competidor, buscando a escalada e acesso até os mundiais.

Vamos abrir o acesso ao material promocional para nossos revendedores por meio de pre orders, e faremos o papel intermediário para a aquisição deste material. Faremos um novo comunicado com mais detalhes sobre este processo também em breve.

Continuem acompanhando as nossas redes sociais para novas comunicações.

Certos de sua compreensão,

Equipe Galápagos Jogos

Galapagos default user image
15 de Março de 2019, 23:14

Caraca, eu tinha esquecido dessa piada que a GJ contou a um tempo atrás.
Que bonito, falar que vão agilizar com um novo modelo e na hora do vamos ver não pedir NENHUM dos kits de torneio que a ffg liberou.
Risível...

Galapagos default user image
16 de Março de 2019, 09:31

É exatamente esse tipo de coisa que mostra como fica difícil engolir essa postura de "nós queremos ajudar, mas a comunidade não está deixando". Tá ai, comunicado de vocês dizendo que iam facilitar o sistema fazer ele funcionar. Meses depois o que temos? Um FAQ dizendo que está tudo sob avaliação.
Essa falta de noção de timing é ASSUSTADORA. Não adianta nada vocês ficarem sentados avaliando o sistema por mais 2 anos e resolverem adotar uma forma simplificada de trazer kits de torneio que nós estamos aqui dizendo que é a solução há meses e vocês ignoram. Cadê aquela história de que a gente não vem com solução concreta pra ajudar vocês? Ou vocês vão dizer que essa ideia de deixar o pessoal adquirir os its de forma mais direta e menos burocrática é algo original que vocês pensaram? E mesmo que vocês queiram dizer que é a solução de vocês, garanto que se for implementada e resolve ro problema ninguém aqui vai ficar pedindo crédito ou parabéns. Mais uma vez, entendam, a gente só quer fazer dar certo, e pra dar certo o caminho é melhorar a Galápagos. Enquanto vocês forem o principal problema no processo como um todo, vocês vão continuar apanhando dos consumidores.

Quando a gente soma tudo vê que os comunicados nunca conversam entre si, as promessas demoram a vir e quando vem mudam o que foi prometido lá atrás sem eexplicações concretas, A impressão final é a de pura falsidade e má fé, e o resultado é a falta de paciência da comunidade. Vocês, Galáapgos, atingiram o ponto onde a comunidde entendeu que estão pedindo demais da gente. Compreensão e paciência tem limite, e vocês estão há anos testando os nossos.

Logo 02badge 01colorido rgb2
17 de Março de 2019, 13:40

Bruno, quanto a adquirir os kits, exploramos essa situação foi explorada no item 9. Só é possível com o envolvimento de lojas e o que estamos estudando é uma possibilidade de facilitar isso, já que exige investimentos. Quanto a comparar comunicados, precisamos separar algumas coisas: uma coisa são as mudanças que ocorrem ao longo do tempo. No começo de um ano podemos estar anunciando um lançamento com possibilidades de expansão para os próximo anos. Depois, 6 meses depois podemos estar anunciando o fim daquela linha de produtos. Se colocar os dois anúncios um do lado do outro não farão sentido, obviamente. Mas os contextos mudam e quando acontecem as decisões e declarações precisam mudar. Isso é bem diferente de má fé, é uma situação normal que qualquer empresa pode passar. Outra coisa, e aí sim reside nossa parcela de culpa, é não ter feito de forma mais eficiente e frequente comunicações que contextualizassem tudo isso, a passagem de um ponto a outro. Essa é uma das coisas que precisamos trabalhar melhor, sem dúvida. Exatamente por isso, nesse momento preferimos não compartilhar informações que não estejam 100% definidas, para não gerar especulações ou desconfiança caso algumas coisas mudem antes de podermos fazer afirmações.


Kitfisto swquadrado
16 de Março de 2019, 18:57

Vou me permitir um último comentário que tem um sentido de dever político de minha parte. NÃO HÁ DISCURSO DE ÓDIO contra a Galápagos. Discurso de ódio se refere a discursos sistêmicos de subjugação de minorias sociais.

Afirmar que a Galápagos Jogos sofre discurso de ódio é estar cego para o fato de que é a parte mais forte na relação empresa-consumidor, é demonstrar falta de sensibilidade histórico-social e é se abster de assumir as responsabilidades que acompanham a decisão de participar como empresa de um fórum público que é o mercado.

Logo 02badge 01colorido rgb2
16 de Março de 2019, 20:27

André, o comunicado oficial da Galápagos jogos foi feito para formalizar nosso repúdio a manifestações injuriosas e ao discurso de ódio que registramos em rede social, não simplesmente contra a Galápagos, mas contra pessoas da Galápagos. Mesmo nessas mensagens registradas aqui no FAQ temos exemplo de pedido para demitir um funcionário como se fosse a causa de todo o problema e que nos grupos recebe mensagens e marcações de injúria que já foram registradas. Você como parte do grupo sabe muito bem como isso tem acontecido repetidas vezes. Não estamos aqui para criar um antagonismo com clientes ou jogadores, não estamos aqui contra você ou outras pessoas. Essa página nasceu para tirar as principais dúvidas e abrir um canal de diálogo com a comunidade. O formato pode ser melhorado, claro, mas precisávamos ter algo no ar o quanto antes para dar esse primeiro passo. Sabemos bem que essa iniciativa receberia reclamações acaloradas de cara, mas estamos aqui ainda, com a mesma serenidade das primeiras respostas justamente porque nosso objetivo não está em discutir pela discussão, mas discutir para aprender, entender e evoluir com esse diálogo.

Liga 2015  1
16 de Março de 2019, 21:17

Atendimento Galápagos Jogos, não existe comunicação com a comunidade quando a comunidade pergunta alguma coisa e vocês dizem que:

1. Precisamos melhorar (desde 2017)
2. Estamos abrindo canal de diálogo com a comunidade (desde 2017)
3. Estamos em stand by por motivo X (desde 2017)
4. Todas as anteriores (desde 2017)

Precisamos que vocês do atendimento tragam para falar com a gente quem efetivamente decide as coisas para esclarecer todas as dúvidas e dizer: "sim ou não" efetivamente para tudo o que é tratado ou perguntado, diretamente.

"Pedir a cabeça" do funcionário nem é por ele pessoalmente (a última coisa que queremos é mais um desempregado no país), mas porque ele é o avatar de toda essa evasão disfarçada de profissionalismo que está na Galápagos desde... quando ele entrou na empresa (ele se apresentou como representante/TJO aos jogadores na presepada do nacional de 2017 onde tiveram que chamar o top 16 para mudar a premiação previamente divulgada pela GJ, ele entrou nos grupos de organização por whatsapp e não respondia as perguntas, ele que perguntou "quem é você?" pra um campeão regional de x-wing do estado onde mora, patrocionado pela GJ, não a comunidade).

Quando alguém pede isso, é porque ainda acredita que a empresa NÃO É o que o funcionário tem representado, mas essa linha de corporativismo e defesa profissional do funcionário provam justamente o contrário: a empresa é exatamente assim, desrespeitosa com a comunidade como as atitudes de seu colaborador.

Kitfisto swquadrado
17 de Março de 2019, 13:12

GJ vão estudar história. Não existe discurso de ódio aqui.

Parem de ser tapados e realizem que o relevante é que as críticas não são à pessoa, mas ao cargo que ela está desempenhando como face pública dessa empresa.

É tão primário que eu não sei ainda como a GJ não faliu por má gestão... Bando de moleques.

Logo 02badge 01colorido rgb2
17 de Março de 2019, 13:46

Daniel, não é "chamando quem decide" que a comunidade irá ter respostas para o que desejar. Essa percepção é justamente o que leva ao entendimento de que a culpa está em um ou outro funcionário. Não é tão simples assim e queremos desmistificar isso com esse diálogo que abrimos agora. Claro, houveram erros na comunicação e atuação no passado, mas algumas definições precisam ainda estarem confirmadas e não será no conflito que serão resolvidas mais rapidamente. Uma coisa precisa ficar muito clara: não estamos tratando no comunicado que foi feito de corporativismo. Se a situação fosse inversa e um funcionário da empresa agredisse e ameaçasse continuamente um cliente ou jogador, na verdade tomaríamos medidas mais graves ainda. Nessa questão não há o que ser questionado, prezamos pelo diálogo e pela crítica construtiva, entendemos a frustração que causa o discurso mais acalorado, mas não podemos tratar de forma irresponsável e leviana agressões e situações que afetam a vida das pessoas.


Liga 2015  1
16 de Março de 2019, 21:03

Essa postagem foi uma aula.

E nessa aula aprendemos que X-Wing é um jogo colecionável que, para ser um sucesso no país, precisa de extrema competência, dedicação profissional da equipe de trabalho (onde é desejável que eles tenham paixão pelo que fazem), organização na empresa, habilidades de negociação (na língua inglesa), trabalho de tradução rápido e preciso, relacionamento público de excelência com a comunidade (com pessoas presentes para lidar com o público com a empatia requerida), transparência nas informações repassadas aos consumidores, contatos reforçados com lojistas e consumidores-chave locais em todo Brasil (também conhecidos como stakeholders de interesse/principais), um trabalho eficiente de logística pois são muitas naves e waves que precisam estar sempre à disposição dos jogadores (novatos e veteranos), prontidão para ler e-mails importantes da FFG e repassar as notícias e principalmente uma equipe de gestão forte capaz de reagir rapidamente a qualquer mudança de cenário imposta por qualquer das partes envolvidas (clientes, lojistas, FFG, alfândega, etc.).

Também aprendemos que não é qualquer empresa que, por conseguir ter um site bonito, pessoas de prontidão para fazer respostas longas e formular alguns artigos, automaticamente possui todas essas características que o jogo exige.

Logo 02badge 01colorido rgb2
17 de Março de 2019, 13:50

Oi Daniel! Um ótimo resumo de tudo o que é necessário e no que estamos trabalhando com mais intensidade com todas as ampliações que estamos fazendo. Mas como todo resumo, fica sempre mais fácil listar no papel do que realizar na prática. Importante lembrar que até alguns poucos anos atrás nenhuma empresa no Brasil se arriscaria trabalhar com tamanha complexidade de portfolio e mais uma vez abraçamos o desafio de trazer jogos memoráveis para o país. Vamos continuar nessa luta de esforço e aprendizado, errando e acertado para conseguir chegar onde precisamos e todos querem: na excelência. Isso sempre será ótimo para todos que se importam com os jogos.


Galapagos default user image
16 de Março de 2019, 22:08

Boa noite,

1) Qual a garantia que tenho de pagar pelo produto e receber o mesmo ?

2) O prazo de 90 dias é o máximo, ou poderá ocorrer alterações ?
-> Já ví que o prazo é de até 90 dias, mas gostaria de ter certeza.

3) Como posso fazer para comprar os kits promos oficiais da FFG (dados, réguas, tokens, etc...) ?
-> Sou jogador competitivo e gosto de colecionar promos oficiais e/ou criadas por grupos de X-Wing.

4) Pelo que entendi, o competitivo não irá mais existir no Brasil, correto ?

No aguardo.

Obrigado, Robertinho

Logo 02badge 01colorido rgb2
17 de Março de 2019, 13:54

Oi Roberto, vamos lá!
1) Total, isso é um direito do consumidor. Se não for possível receber por algum motivo de força maior, o que é pago deve ser restituído ao cliente em concordância com o Código de Defesa do Consumidor.
2) Como você bem constatou, estamos trabalhando como prazo máximo. Isso só não se aplicaria caso ocorra algum problema diferente (e por isso mesmo, totalmente fora do comum, como uma greve, por exemplo) do processo padrão de importação.
3) Não é possível fazer esse tipo de compra. A Galápagos Jogos tem restrições contratuais que só permitem fornecer kits para lojistas e com a confirmação do uso para torneios. Qualquer coisa diferente disso não poderá ser feita.
4) Não afirmamos isso. Estamos nesse momento avaliando toda a questão do competitivo (não apenas para X-Wing, mas para outros jogos).

17952808 1498583506849557 8140844360460954141 n
21 de Março de 2019, 10:04

@Atendimento Galápagos Jogos, gostei desta resposta, objetiva e direta. Parabéns. Parabéns também pela resposta a todas as mensagens anteriores. Gostaria, por gentileza, de uma explanação mais completa sobre o ponto 4.

Quais são os fatores que estão sendo avaliados para definir toda a questão do competitivo?


107284a3a9ce0c21013ca18da0978710 1
16 de Março de 2019, 22:48

Preciso apenas saber já que está é a uni a nave que me interessa no momento. Vcs não vão trazer mais a Tantive IV traduzida?

Logo 02badge 01colorido rgb2
17 de Março de 2019, 13:55

Oi Alex! Não haverão mais lançamentos traduzidos para o X-Wing (pelo menos por enquanto). As exceções estão por conta de itens que já estão a caminho e mais estruturais, como ocorreu com os lançamentos da Wave 2 (que já estão disponíveis na loja) e o Core Set 2.0, que retorna em breve.


Galapagos default user image
16 de Março de 2019, 22:56

Bom, eu sei que esse não é o intuito do FAQ e peço desculpas a todos os colegas jogadores de X-Wing. Mas vou aproveitar que os comentários estão sendo prontamente respondidos para saber:

Vocês não acham que esse tipo de contato/canal deveria ser feito para cada um dos jogos competitivos?

Não vejo o X-Wing como o problema, e sim na estrutura organizacional do TJO. Se tivesse um jogo que competitivamente estivesse as mil maravilhas, eu me calaria. A questão é que os meninos e meninas do X-Wing estão lidando com essas situações indesejáveis a mais tempo que todas as outras comunidades, e eu sinto que se o canal não for aberto para as outras isso só se transformar na mesma bola de neve. Vocês argumentam que querem melhorar e aprender com os erros, mas não estão justamente sendo contraditórios em relação a isso?

Bom, vocês podem argumentar que isso vai ser criado futuramente e que a "pressa" para sair esse canal se deu em razão da discussão calorosa que aconteceu no Facebook. Mas o futuramente que tá matando, o em breve, estamos em março pessoal. Cadê novidade para os outros jogos competitivos? Não quero que isso se transforme numa discussão sobre um jogo diferente do X-Wing, e de novo, peço desculpas pela intromissão. Mas não vi outro caminho a não ser me pronunciar aqui.

Eu sei que tem muita gente frustrada, mas não é por serem pessoas odiosas ou haters. Muitos querem contribuir da sua maneira, e não quero tirar o direito de fala deles, visto que vivencio alguns problemas a bem menos tempo que a maioria do X-Wing. Mas me entristece muito ver a que ponto uma comunidade chegou, e vocês tem que trabalhar preventivamente.

Para que trazer mais jogos competitivos se não estão dando conta dos atuais? Será que é tudo contratual? Meu foco aqui não é atacar, principalmente porque estou vindo com uma visão bem menos prejudicada,

Galapagos default user image
16 de Março de 2019, 23:08

Entretanto não consigo não me identificar com a maioria da insatisfação. Eu vejo muitas pessoas que estão bem mais chateadas do que com ódio. São pessoas que investiram seu tempo e dinheiro, não são somente clientes. Muitos líderes de comunidade e provedores de conteúdo com certeza ajudariam a motivar o crescimento de vários jogos competitivos. Vocês tem que correr atrás deles e procurar parcerias.

A grande MAIORIA nem cobraria inicialmente pelo trabalho. Seja escrever posts, gravar videos/podcasts. São atitudes que já deveriam ser tomadas a MUITO tempo. E simplesmente eu não entendo o porque dessa ausência. Vocês trabalham para trazer e melhorar o jogo, eu acredito sinceramente, afinal vocês também investiram dinheiro nisso. E é um fato. Entretanto, o coração da empresa estava no lugar errado. Acompanhem e estejam presentes nos eventos, conheçam os bastiões das comunidades pelo nome e interajam diretamente com eles, entendam o metagame dos jogos que promovem, talvez com isso vocês não vão ter tanto estoque parado por falta de demanda. Sei que alguns pedidos mínimos tem que ser feitos, e tudo mais. Porém com esse contato mais direto, facilitaria muito a vida de vocês e a nossa.

Eu não jogo X-Wing, e fico triste pelos jogadores que são super apaixonados e por isso vem aqui defender. E não principalmente por problemas pessoais com vocês, mas pela atitude e postura de vocês. Fico feliz de vocês estarem tentando, bem mais tarde do que deveria, mas feliz. Agora repitam isso para todos os competitivos, engulam todas essas críticas como aprendizado, e evoluam.

Para os jogadores eu deixo meus sentimentos, muitos jogos e um grande abraço.
Para a Galápagos eu desejo mais compreensão, trabalho e um grande abraço.

Logo 02badge 01colorido rgb2
17 de Março de 2019, 14:08

Oi Ian, tudo bem? Primeiramente agradecemos de coração pela crítica sóbria e super bem intencionada. Você tocou em pontos cruciais para melhorarmos aqui. Mesmo que em grande parte diga respeito ao competitivo como um todo e não apenas ao X-Wing, é das mais relevantes nesse momento. Bom, na verdade ter um canal aberto assim, com essa intensidade de interações para cada jogo exigiria investimentos em equipe que só tornariam mais problemático os investimentos nos produtos e manutenção de torneios. Precisamos lembrar que a Galápagos Jogos não é uma gigante. Crescemos muito rápido nos últimos tempos e isso trouxe consequências (boas e ruins), que estamos trabalhando agora. Veja que muitas das questões tratadas começaram a se repetir depois de respondidas. Isso acontece porque o maior problema não é ter um canal específico para cada produto, mas sim ter uma comunicação mais fluida e ações melhor planejadas para cada comunidade. Esse sim não só é um investimento mais produtivo, como menos desgastante a todos. O cliente que está bem informado, tem menos dúvidas e, com isso, demanda menos interações (do nosso lado não precisaria ter uma equipe imensa respondendo a tudo isso). É nisso que estamos trabalhando, para que esse meio campo seja melhor daqui para frente e não necessite ter equipes grandes para responder clientes insatisfeitos com a falta de informação, por exemplo (justamente porque não haveria falta de informação ou definições). Um abraço e sucesso a todos!


Galapagos default user image
16 de Março de 2019, 23:51

Não vi uma única resposta convincente da Galapagos, apenas reiteradas tentativas de justificar o injustificável, a falta de compromisso e principalmente respeito para com os consumidores. Aos que lerem esse texto, boicotem essa empresa, importem e esqueçam, ninguém do staff parece estar realmente interessado em ajudar qualquer consumidor.

Logo 02badge 01colorido rgb2
17 de Março de 2019, 14:12

Gustavo, entendemos sua frustração, mas se não houvesse interesse da Galápagos Jogos, acredite, seria muito mais fácil ignorar a comunidade e focar os esforços em outros jogos. Veja o tempo e dedicação que foi empregado nessa página, de um texto postado na há menos de dois dias atrás. Esse é um canal para conversarmos e contribuirmos. Esperamos de verdade conseguir trazer o melhor da comunidade e usar isso para melhorar e evoluir as próximas ações da Galápagos Jogos.


Galapagos default user image
17 de Março de 2019, 01:11

Olá, tenho algumas duvidas, as qual acredito que geraram todo o descontentamento na comunidade em geral do X-Wing. O navio Kota Lumayan comunicou no máximo dia 11 de outubro de 2018 que sofreu o acidente que ocasionou a queda dos conteires, porém somente no dia 26 de novembro de 2018 foi avisado para a comunidade o ocorrido e que pelo motivo supracitado ocorreria o atraso nas waves 0 e 1, por que a demora para repassarem essa informação para a comunidade, mesmo levando em conta a demora da liberação das informações pela RF, como sitado no próprio informe oficial de vocês "...uma vez que somente na semana passada foi possível ..." gostaria realmente de entender o por que esse aguardo do repasse da informação, sendo dada apenas depois da black friday. E também gostaria de saber o motivo da falta de informação sobre os atrasos dos prazos criados pela própria Galápagos Jogos.

Logo 02badge 01colorido rgb2
17 de Março de 2019, 14:16

Oi Vinicius! Como exploramos em alguns itens e perguntas nessa página, sabemos que houveram problemas e atrasos nas comunicações feitas. Quanto ao comunidade do navio, acreditamos que você mesmo já tenha respondido a questão. Não foi uma confirmação imediata, mas foi feita assim que tivemos a informação completa. Datas comerciais como a Black Friday não tem relação alguma com a questão. A segunda questão na verdade está tratando do mesmo problema: o atraso e erros na comunicação entre a empresa e a comunidade, que é justamente o que estamos levantando como nossa parcela de culpa no problema e o que estamos trabalhando agora para poder chegar a um nível ótimo nessa relação no futuro.

Galapagos default user image
18 de Março de 2019, 20:50

Obrigado pela resposta, já vejo isso como um grande avanço nas comunicações, parabéns, apesar de não ter sando minha principal duvida, mas ok. Tenho uma sugestão que tenho certeza que irá fazer a comunidade começar a olhar a GJ com novos olhos, vendo que realmente querem sanar o problema de comunicação, vocês de imediato poderiam marcar uma conversa com o pessoal dos grupos organizados e logistas, para termos entendimento de ambos os lados ( comunidade entender a GJ e vice versa), sinceramente caso vocês façam isso, e o mais breve possível iremos ver que a empresa realmente quer uma mudança de cenário e acredita que possamos ter um relacionamento saudável novamente.


Galapagos default user image
17 de Março de 2019, 06:25

Já que vcs estão lendo, vou dar também aqui o meu pitaco, que é chover no molhado. Mas tentarei ser objetivo.

1-se vcs estao pautando o suporte ao x wing pela vendas no on demand, esqueçam. De antemão já digo que não vai funcionar. Prazo é longo e custo muito alto, sem benefícios para lojistas que estão com dificuldades. Podem desistir do jogo se seguirem por esta linha.

2-se querem o voto de confianca da comunidade (mais um, diga-se de passagem), melhorem o TJO. E em que sentido?

A- troquem o responsável pelo TJO. Este que está aí, mesmo que continue na empresa, não tem mais condições de ser o elo da empresa com a comunidade. Se isso não for resolvido é possível que não andemos para frente... O desgaste foi imenso desde 2017 e a comunidade sabe que a pessoa não tem interesse no jogo o suficiente pra entender como tudo funciona e precisa ser feito. E isso, pelo que tenho conversado, não é só no X Wing.

B- não cometam o erro primário de perder os prazos dos kits de premiacão. Se querem mais este voto de cofiança, tragam as premiações independente de todo o resto. Invistam esse tanto no jogo. E aí saberemos que vocês querem dar continuidade ao X Wing. É isso que mais mantém o cenário aquecido, pois assim os jogadores jogam. Dizer que a comunidade nao se mexe sendo que a cada nacional vemos o pessoal do sul, minas, rio, nordeste virem pra Sao Paulo, pagando absurdos pelo deslocamento, é não valorizar em nada o que a comunidade faz pelo jogo.

3- valorizem os lojistas. Vocês não fazem isso, ainda que digam que isso é importante. Aqui em Campinas a única loja que temos que cede um espaço para o jogo está para desistir depois desta ultima noticia. O cara tinha uma loja virtual bem sucedida e decidiu investir em loja física para atender as exigências da FFG e Galápagos e ter os produtos de vocês nas prateleiras a um custo acessível.

Galapagos default user image
17 de Março de 2019, 06:32

Isso também aconteceu para que ele tivesse acesso aos kits e poder fazer os campeonatos. No começo teve stores com mais de 20 jogadores, o que é muito bom. Mas tudo foi minguando pois os kits simplesmente não chegavam ou atrasavam. E agora vocês vem numa tacada dizer que não vão traduzir a wave 3, que não sabem se vão continuar com o suporte ao competitivo e que vão trazer tudo pelo on demand, passando por cima dos caras que mantém a comunidade jogando? Não vejo como pode dar certo.

Evitei ao máximo fazer reclamacões pessoais. Sou um cara que compra muito de vocês, pois jogo Legion e X Wing. Minha ultima com a Tenda do Blade foi de 2 mil reais. Sou ávido consumidor. Mas se estas questões postas acima não forem resolvidas, passarei a importar tudo, como fiz com os primeiros kits de conversão e core set. Por que afinal, paciencia tem limite.

Logo 02badge 01colorido rgb2
17 de Março de 2019, 14:21

Oi Marcelo! Estou repassando algumas das afirmações que você levantou aos responsáveis porque são bem específicas e precisarão ser tratadas diretamente (ou ainda, mesmo que não tenham uma resolução imediata, vão ter influência em resoluções gerais quer estão sendo discutidas). Quanto ao restante dos comentários, só podemos agradecer o tempo e esforço empenhado: sua crítica foi extremamente precisa e construtiva e queremos absorvê-la para o que estamos fazendo. Não teremos definições nesse momento para poder te tranquilizar e resolver algumas delas, mas estamos trabalhando em todas essas frentes. Um abraço!


Kitfisto swquadrado
17 de Março de 2019, 13:14

Vamos todos lembrar que o primeiro a baixar o nível foi o próprio Billy, atacando a comunidade no nacional de X-Wing de 2017.

Sejam profissionais. Só. Simples.

Logo 02badge 01colorido rgb2
17 de Março de 2019, 14:23

Oi André! Poderia nos relatar o que houve oficialmente pelo canal atendimento@galapagosjogos.com.br? Não podemos deixar que situações assim passem desapercebidas, levamos muito a sério tanto o respeito com que somos tratados quanto o respeito com que a empresa e seus funcionários tratam pessoas e comunidade. Aguardamos seu contato!


Galapagos default user image
17 de Março de 2019, 18:21

Olá, pessoa escolhida pela GJ para vir aqui dialogar com uma comunidade enfurecida pelos anos de falha da empresa. Desejo a você meus sinceros "Que a força esteja com você" pelo tanto de ofensa que você vai ouvir por conta da incompetência dos outros. Espero que passado isso, a GJ pague integralmente suas sessões de terapia. Brincadeiras à parte, venho deixar minha contribuição por parte da comunidade, que é o quê vocês esperam com este canal. Vou passar o meu ponto de vista como consumidor. Eu tenho alguns anos dentro desta comunidade maravilhosa que é o x-wing competitivo e tenho feito muitos amigos desde então. Tenho visto o quanto a comunidade tem dedicado tempo e esforço para aumentar o número de jogadores ativos (consumidores), tanto em jogos durante a semana em uma loja quanto em campeonatos. De forma que posso afirmar que, mesmo com várias baixas ao longo do tempo, a comunidade só tem crescido. Muitos que migraram para outro jogo "principal" ainda jogam x-wing casualmente, tem amigos no x-wing e ora ou outra investem algum dinheiro neste hobby. Dito isso, o ponto em que quero chegar é que a GJ não precisa investir esforços ou dinheiro para o marketing do jogo, isso a própria comunidade faz e vai continuar fazendo. Então, o que a GJ precisa fazer? Primeiro ponto, reconhecer seus consumidores. Estes se dividem em 3 tipos: 1 - fã de star wars: compra naves para deixá-las expostas em sua prateleira; as vezes nem sabe que existe um jogo atrás daquelas miniaturas; compra o produto que tem na loja perto de casa (é necessário estoque); compra naves conhecidas; gasta apenas 1 vez em cada produto; lucro baixo para o lojista e para a GJ. 2 - jogador casual: conheceu o jogo por amigos que jogam; participa de campeonatos locais, mas nem todos; geralmente compra naves de apenas uma facção por afinidade; compra naves suficientes para montar um esquadrão competitivo, mas não

Galapagos default user image
17 de Março de 2019, 18:22

exagera nos gastos; geralmente joga outros jogos e tem q dividir os gastos com estes; têm preferência por produto no lojista mais próximo e geralmente prefere material em português; lucro médio para o lojista e para a GJ. 3 - jogador competitivo: estuda o metagame do cenário competitivo; geralmente tem o x-wing como jogo principal; não liga se as cartas estiverem em cantonês, só precisam de cartas oficiais para participar dos torneios; compra quantas naves forem precisas pra montar um esquadrão que ganhe campeonatos; geralmente não fica limitado a apenas uma facção, jogando com a facção que é mais forte no momento; após os balanceamentos do jogo, compra as naves que se tornaram fortes ou compra as facções que ficaram mais fortes; compra muitas naves pra poder emprestar para outros amigos competidores ou para auxiliar novos jogadores; viaja para outras cidades ou estados para participar de outros campeonatos, grandes ou pequenos; lucro alto para o lojista e para a GJ. Com o perfil dos jogadores identificados, podemos analisar que o cliente que mais interessa a GJ seria o jogador competitivo. Então o que a GJ precisa fazer é dar o suporte necessário que esses jogadores precisam. E o que seria esse suporte? Primeiramente, trazer as naves em tempo hábil para que as naves sejam usadas no balanceamento atual do metagame. Se vão ser em inglês, espanhol, polonês não importam, mas não podem atrasar mais que dois meses (importante lembrar que o material traduzido ainda é necessário para atender ao outros 2 tipos de clientes, que em números devem se igualar aos jogadores competitivos em gasto com o jogo, não pela quantidade de compras, mas pela quantidade de jogadores nesse perfil). Ou seja, é muito importante pra GJ estar atenta aos pronunciamentos da FFG quanto às novas waves de produtos, pois acredito que quando os anúncios são apresentados para nós, vocês como distribuidores

Galapagos default user image
17 de Março de 2019, 18:24

oficiais já devem ter recebido essa informação antes da gente. "Segundamente", os kits de torneios oficiais movimentam os produtos nas prateleiras, pois eles são oferecidos como prêmios nestes campeonatos. O jogador fica feliz com as miçangas que ganha; o lojista fica feliz de encher a loja, rodar o estoque e ter
mais clientes em potencial; a GJ tem lucro e vende os produtos que trouxe ao Brasil. Os kits da segunda edição são praticamente mensais, o modelo que a FFG trouxe ao 2.0 ajuda muito o lojista em suas vendas, e isso também reflete nos lucros da GJ. Os kits são sempre apresentados para nós com bastante antecedência, assim como as naves novas, e acredito que a GJ deve receber essa informação junto conosco, senão antes. Esses kits são muito importantes para movimentar o jogo e o estoque do lojista, e também recompensam o jogador pelo seu esforço com "lembrancinhas colecionáveis". Mesmo os jogadores que não tiveram uma atuação boa no torneio dificilmente saem de mãos vazias, e isso faz com que eles voltem a jogar os torneios, além do ambiente agradável com os amigos. Fora isso, temos uma hierarquia de torneios, os menores dando acesso aos maiores, até o famoso mundial. Cada um com seu kit e data pré estabelecidos pela FFG, sem possibilidade de atraso pois é um cronograma mundial. Então é importante que a GJ traga esses kits no tempo certo para o bem de todos. "Terceiramente", isso já entra mais como uma sugestão futura. Tendo em vista o cenário dos e-sports e seu sucesso colossal, podemos aprender com eles algumas dicas de como construir uma comunidade cada vez maior. Claro que são cenários completamente diferentes, mas muita coisa pode ser aproveitada. Um exemplo disso são os produtores de conteúdo. Canais no youtube ensinando estratégias e jogos, podcasts, streaming de torneios, tudo isso a comunidade já tem feito. Onde a GJ entraria nisso tudo? Conhecendo

Galapagos default user image
17 de Março de 2019, 18:25

esses produtores. Conhecendo os organizadores de cada região. Ouvindo o que eles tem a dizer. A GJ precisa de um departamento que tenha um contato direto com essas pessoas, dando o auxílio necessário a eles. Estar presente nos campeonatos grandes, não só o nacional. Conhecer os campeões de cada região. Se a GJ mostra interesse na comunidade, a comunidade só tende a reagir positivamente para com a GJ (e isso reflete nos números de vendas). Vocês passariam de empresa odiada que são hoje em dia para empresa defendida pelos seus consumidores. Por fim, gostaria de dizer que todo esse esquema de formatos de campeonatos, datas, naves a serem lançadas, datas, torneios e campeões ao redor do brasil e datas deveriam ser muito bem conhecidas pelo responsável de TJO da GJ. Caso este tenha dificuldades, a comunidade está sempre disposta a sanar dúvidas para que tudo venha a ocorrer da forma que se é esperado. O mais importante para a GJ neste momento de emoções a tona por parte da comunidade é entender que os erros do passado são uma forma de aprendizado, e que se eles não forem corrigidos a comunidade vai aparecer para cobrar. Espero que essa reestruturação da GJ com foco nos problemas do x-wing possam ser resolvidos e que o x-wing possa trazer muito mais diversão para nós e lucro para vocês e para os lojistas. E que os outros jogos competitivos da GJ recebam a influência positiva deste incidente para o cenário competitivo deles também.

Logo 02badge 01colorido rgb2
17 de Março de 2019, 19:46

Oi Leonardo! Agradecemos a longa e detalhada crítica super construtiva. Você levantou muitos pontos essenciais e que realmente agregam valor verdadeiro ao que estamos discutindo. Estou encaminhando internamente os principais pontos dos seus posts e, por isso, agradecemos de verdade. O único ponto que discordamos é quanto a que tipo de jogador focar. Na verdade é muito possível trabalhar todos os níveis de clientes, dos que vão querer as naves apenas para decoração até os que vão tratá-las como tesouros inestimáveis. Todos esses níveis precisam de uma diretriz para serem trabalhados porque todos eles contribuem para a cena, mesmo que indiretamente. Focar demais no nicho só torna o jogo algo para poucos e isso nunca traz tanta vantagem ao trabalho que fazemos. Ainda assim, é um desafio enorme trabalhar tantos públicos diferentes e é o que estamos avaliando também nesse momento.

Galapagos default user image
18 de Março de 2019, 03:01

Concordo totalmente, todos são consumidores dos produtos que vocês vendem, e todos devem ser tradados com o mesmo carinho. O ponto que eu levantei é que o modelo de negócio que vocês têm hoje (antes do On-demand, que em minha opinião de consumidor não irá funcionar) atende o suficiente o primeiro tipo de cliente, que não é o que traz o maior retorno financeiro a vocês; atende pobremente o segundo tipo de cliente, que traz um bom retorno a GJ, mas ainda assim não a maioria deles, pois estes também estão insatisfeitos com o serviço prestado; e, por fim, praticamente não atende ao terceiro tipo de cliente, que em minha opinião é um dos que mais contribui para a expansão do jogo e um dos que mais gasta dinheiro com ele. Por isso o "foco" neste tipo de consumidor, pois é o que atualmente não tem sido "focado" pela GJ.


Galapagos default user image
17 de Março de 2019, 21:01

Obrigado pela resposta !

Só espero que:
-> Leiam e aceitem todos os ótimos questionamentos e críticas construtivas !
-> Deem uma grande atenção aos lojistas, pois eles cedem espaços aos jogadores, e se eles não ganham, todos perdem !
-> Deem suporte aos jogadores, no sentido de informações rápidas e diretas.
-> Deem suporte ao competitivo, pois como falaram, é uma grande ferramente de manter o jogo, pois vários jogadores saem de suas cidades para jogar e competir (o que é bom para todos).
-> Mantenham a comunidade informada (hoje temos vários meios para isso).
-> Tragam, no menor tempo possível, as naves (mesmo que não traduzidas), e com preços justos aos lojistas e jogadores.
-> Se foquem em fazer com que a comunidade esteja a seu favor, não contra, pois é óbvio que isso é crucial para os dois lados.

Tenho certeza que virando esta página e fazendo um bom trabalho (não precisa ser perfeito, sabemos), a comunidade estará JUNTO da empresa !
Aprendam com os erros, ouçam o que seus consumidores precisam e pronto, não acho muito difícil !
Ser transparente no dia de hoje, será a sua melhor ferramenta, garanto !!!

OBS: temos uma loja já cadastrada, de Joinville/SC, e eles podem fazer o pedido do kit, para fazerem campeonatos com promos oficiais ?

Lembrando, ví muitos comentários com ótimas críticas e alguns com incentivo, leiam com carinho !

Obrigado e boa sorte !


Galapagos default user image
18 de Março de 2019, 00:03

"11 - Por que a Wave 2 de X-Wing veio mais cara que a Wave 1? "
Apenas apontando um erro grave de comunicação aqui. As waves são os lançamentos simultâneos de naves. A wave 1 do X-wing 2.0 nunca veio pela Galápagos. Caiu no mar, segundo a empresa. A comparação menos errada seria comparar ao X-wing 1.0. Mas mesmo esta comparação não teria muito fundamento, posto que existiam produtos na mesma faixa de preço (K-wing 1.0 custa o mesmo que uma X-wing 2.0 na FFG) mas o preço Galápagos subiu 20% de uma para a outra. De uma forma ou de outra, recomendo consertar o texto. Da forma como está ele não faz sentido algum.


Galapagos default user image
18 de Março de 2019, 08:03

Eu não ia responder mais mas não dá!

"estaríamos focando um tempo precioso em uma discussão que não está sugerindo nenhum ponto de melhoria ou evolução"

Como não está sugerindo melhoria ou evolução? Está claro em 90% dos posts, seus clientes não confiam em vocês, vocês cometem erros não assumem e culpam a comunidade, seu empregado responsável pelo relacionamento com a comunidade é, no mínimo, incompetente.

Qualquer empresa com o mínimo de capacidade pediria desculpas e demonstraria de forma clara o que está fazendo e já fez para mudar, vocês não, vocês ameaçam e acusam os clientes e dizem que vão decidir se vão continuar vendendo o produto dependendo da comunidade, que "está em análise", tudo com vocês é não sabemos, sem previsão, estamos analisando e isso continua assim. A maioria das respostas de vocês é "respondemos parcialmente no item tal, o restante está em análise, não decidimos, vamos ver."

Isso é um absurdo! Vocês tem que nos convencer a comprar seu produto, não somos nós que temos que convencer vocês a nós vender o produto. Isso que não estou nem entrando no assunto de como vocês estão prejudicando seus parceiros os lojistas.

Querem esquecer o que passou? Impossível.
Querem um voto de confiança? Comecem mostrando que são dignos de confiança, não com palavras mas com ações, até porque se fossem provar com palavras já começaram da pior forma possível com sua ameaça de processar todo mundo.


Screen shot 2015 03 14 at 4.14.46 pm
18 de Março de 2019, 10:22

É triste ver o jogo chegando nesse ponto em uma época que eu esperava voltar de leve. Ambos têm razão em vários pontos mas existem mais variáveis na equação que GJ e comunidade. Podem levar em conta lojistas, FFG e Asmodee pra ter um panorama mais completo. O buraco é bem mais embaixo que a perda de um conteiner, isso só evidenciou o estado lastimável em que se encontrava o jogo por aqui.

Aqui jaz
X-wing no Brasil
*2015-†2019


Galapagos default user image
18 de Março de 2019, 10:53

Vou tentar resumir, até porque tem vários textões e acredito que todos já disseram tudo o que tinha pra dizer... mas preciso reforçar alguns pontos. Li muitas reclamações sobre o TJO, acredito que vocês precisam urgentemente colocar uma pessoa melhor nessa posição, não acho que manter o responsável pelo TJO seja a melhor solução. Sobre o On Demand, vou falar o que eu penso. De modo geral, não vai funcionar. Eu como consumidor, não vejo nenhuma vantagem comprar no On Demand se posso comprar em outro lugar mais barato e que o produto chegará mais rápido. Se querem mesmo que haja demanda para X-Wing 2.0 e todos os outros jogos que vocês colocaram no On Demand, eu sugiro que vocês corrijam preço e prazo de entrega, do contrário, esse On Demand jamais irá funcionar. O que realmente queremos é que as coisas voltem a funcionar, que tenhamos preços justos e todas as waves lançadas para compra em um curto período de tempo.


Galapagos default user image
18 de Março de 2019, 12:15

A única vantagem de comprar o jogo com a Galápagos era ser em Portugues, tanto que memso eu comprando em inglês tinha intenção de comprar novamente em Portugues quando assim chegasse, mas se nem isto vai ter mais... Vcs retiraram o jogo de sua cartela só estão falando isto de forma branda.

Galapagos default user image
18 de Março de 2019, 13:48

Nem sempre era tão vantajoso comprar em português, já voltando para o 1.0, quando algumas cartas vinham mal traduzidas a ponto de inclusive modificar o que a carta deveria realmente fazer. Pra quem não sabe outro idioma, era uma vantagem comprar da Galápagos. Agora, os produtos que estão no On Demand no entanto, todos os produtos estão em inglês, nenhum está traduzido para português. Mas os problemas maiores do On Demand pra mim continuam sendo o preço e o prazo de entrega, nem é o idioma.


Galapagos default user image
18 de Março de 2019, 21:22

Sabia que o jogo existia faz alguns anos, mas desconhecia que ele estava localizado até começar a frequentar eventos e lojas de boardgame em São Paulo. No fim de 2018, fui em uma loja jogar e eles tinham o jogo base disponível para jogar e logo depois comprei um jogo base, mas como a versão 2.0 estava para lançar comprei só algumas expansões, mas depois da notícia do contêiner comecei a comprar várias naves por mês aproveitando os preços baixos em algumas lojas.
Como moro no interior de São Paulo não tenho como participar de eventos e também não tenho muito interesse, mas sempre que vou para alguma loja em São Paulo os vendedores sempre oferecem para participar dos grupos e eventos que eles tem. Se não fosse por essas lojas eu acabaria não comprando o jogo, pois já visto alguns gameplays na internet e tinha achado tanta graça.
Não tenho problema com outro idioma, mas sempre vou preferir comprar o jogo em português.
O On Demand não funciona para mim pois os preços e prazos são muito altos e deve afastar novos jogadores.
Entendi que vocês vão trazer o jogo base do 2.0 ainda, mas os kits de conversão que ainda não foram lançados aqui só vão vir pelo On Demand?


17952808 1498583506849557 8140844360460954141 n
21 de Março de 2019, 10:04

@Atendimento Galápagos Jogos, gostei desta resposta, objetiva e direta. Parabéns. Parabéns também pela resposta a todas as mensagens anteriores. Gostaria, por gentileza, de uma explanação mais completa sobre o ponto 4.

Quais são os fatores que estão sendo avaliados para definir toda a questão do competitivo?


17952808 1498583506849557 8140844360460954141 n
21 de Março de 2019, 10:19

Vou consolidar meus comentários em um só post:
{Espero que respondam, pois muitos foram respondidos, mas depois parou...}
;-(

###
@Atendimento Galápagos Jogos, por favor, eu não observei na página do "Em Breve" o status do jogo base (Core Set 2.0). Vc poderia nos dizer em que momento está este processo de "está para chegar"?
###
Nesta mesma linha do On Demand e Lojistas, um ponto que me desanimou no On Demand é o frete de Itajaí/SC para minha localidade (BH). Eu sei que existem pelo menos 3 lojas físicas que vendem produtos Galápagos Jogos aqui (BH) e pensei que talvez (sugestão) houvesse uma maneira de realizar a compra no On Demand e escolher retirar em algumas das lojas, para evitar o valor do frete.

{entenda que na ponta do lápis, cada custo a mais é desafiador para o cliente ter que escolher fomentar o cenário nacional e pagar mais caro, ou comprar de fora (com taxa e frete) pelo mesmo valor do On Demand sem frete}
###
"4) Não afirmamos isso. Estamos nesse momento avaliando toda a questão do competitivo (não apenas para X-Wing, mas para outros jogos)."
...
@Atendimento Galápagos Jogos, gostei desta resposta, objetiva e direta. Parabéns. Parabéns também pela resposta a todas as mensagens anteriores. Gostaria, por gentileza, de uma explanação mais completa sobre o ponto 4.

Quais são os fatores que estão sendo avaliados para definir toda a questão do competitivo?
###
F.I.M.

17952808 1498583506849557 8140844360460954141 n
21 de Março de 2019, 10:25

Só copiei os comentários dos outros Posts e esqueci de uma pergunta que é fundamental:

Já que o Galápagos On Demand funcionará com a venda de produtos em inglês, isso significa que seria possível realizar ações de pré-venda, assim como a FFG faz?
{se a resposta for positiva, teremos um grande avanço na plataforma On Demand... será ainda mais sucesso se seguir minha sugestão de trabalhar a possibilidade de entrega em lojas físicas}


Faça login ou crie uma conta para comentar!

Fazer Login